sexta-feira, 20 de maio de 2011

Saindo do armário

Sérgio Cabral Filho e Lula, “doidões”, abandonaram o armário

Depois que o Supremo “liberou” com a união homossexual, a turma do armário resolveu “soltar a franga” e já não existem limites que segurem as “loucuras”.


E foi aí que o Sérgio Cabral Filho, governador do Estado do Rio de Janeiro, resolveu que a capital do estado será, daqui para frente, à “casa das paradas gays”, o “paraíso da boiolagem”. E foi lançando a campanha “Rio sem Homofobia” na segunda-feira que o Sérgio Cabral provocou uma polêmica com as suas 125 metas que deverão ser atingidas até 2014.

Mas o que mais chamou a atenção de todos foi o anúncio de que bombeiros e policiais da PM poderão participar fardados da “Grande Parada Gay” que acontece na zona sul do Rio de Janeiro e ainda, “usando viaturas oficiais das duas forças da PM”. Pelo que dizem, já tem gente querendo que a liberação aconteça para todas as “paradas” que aconteçam no estado do Rio.

Depois desta “desmunheca” do governador, o presidente da Associação dos Ativos, Inativos e Pensionistas das Polícias e Bombeiros, Miguel Cordeiro, falou que vai entrar na Justiça para impedir que esse absurdo de uso de viaturas aconteça.

Só faltou o Sérgio Cabral chamar o Milton Cunha para transformar as viaturas em carros alegóricos, mas não descartem essa possibilidade. E foi aí que o meu amigo “Zé Doidão”, do alto da sua sabedoria falou: “Vocês ainda na entenderam o porque Sérgio Cabral falou tudo isso, mas eu sei o por que. Já notaram que depois que ele falou, está todo mundo caindo de pau pra cima dele? É a gloria da bicha!”.

Alô Sérgio Cabral pai! Vê se consegue dar um jeito no seu filhote.

http://noticiasporgersontavares.blogspot.com/

Um comentário:

  1. Não há nada mais deprimente do que a vassalagem.Que ridícula a postura deste zé puxa-saco.E conseguiu levar o Eduardo Paes, que, outrora, era a esperança do Rio de Janeiro.Capitulou! Nem os menininhos da sua administração escaparam.
    Isso é lamentável!

    ResponderExcluir