quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

TUDO COMO ESPERADO. AS AÇÕES/REPRESSÕES ILEGAIS.

Como em fatos anteriores, o governo do Estado do Rio de Janeiro não se eximiu de usar ações ilegais para conseguir seu intento de desmoralizar o movimento dos militares do Estado na busca por DIGNIDADE e RESPEITO, uma escuta telefônica feita pela Polícia Federal e com autorização da justiça é conseguida, editada e apresentada pela Rede GLOBO em horário nobre.
Perante as inúmeras acusações contra o governo Sergio Cabral (PMDB), a imprensa, o Ministério Público e o Judiciário não se manifestam, mas, contra seus desafetos sua ação em prol de interesses é imediata, como o que agora aconteceu, a prisão do Cabo BM Dacciolo.
O que os faz diferentes no trato com as leis? O dinheiro que compra, o nosso dinheiro manipulado por mãos perigosas. Não podemos ignorar mais uma afronta ao ordenamento jurídico vigente no Brasil, corremos o risco de cairmos numa ditadura irreversível.
Ano passado o governo do Rio de Janeiro ignorou normas que estava obrigado a cumprir e permitiu que ato delituoso ocorresse, a “invasão do Quartel Central CBMERJ, após, usou de força desproporcional e desnecessária contra homens, mulheres e crianças desarmados para prender 439 dentre milhares. Existe a suspeita de que a GLOBO já estivesse dentro das instalações do CBMERJ antes do fato acontecer, pois, havia uma viatura tipo Blaizer estacionada só com o motorista em frente àquela Unidade Militar.
Neste mesmo dia um Coronel PMERJ foi conduzido preso ao BPChq sem acusação formal onde permaneceu por três dias, não sendo seus documentos à CIntPMERJ e a diversos órgãos do judiciário respondidos.
Ricardo Gama, conhecido advogado e blogueiro que publica matérias com ataque direto ao governo PMDB leva vários tiros, estando o caso sem a devida apuração com a inércia do Estado.
Uma das mais importantes emissoras do País, a GLOBO, se omite no DEVER de informação e cobrança, sendo um importante aliado desta “QUADRILHA” de malfeitores, que tal qual as milícias e traficantes, oprimem a sociedade sob seu jugo.
           QUEM SERÁ A PRÓXIMA VITIMA?
Por certo quem não possa pagar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário