sexta-feira, 13 de setembro de 2013

A piramide do Gen Bandeira

A pirâmide do Bandeira tem o olho que tudo vê e anuncia a nova ordem mundial. Iluminatti, Maçom....


Durante o golpe militar de 1964, teve atuação destacada como conspirador no movimento que depôs o presidente João Goulart e participou da prisão do governador Miguel Arraes nos primeiros dias de abril de 1964. Em novembro de 1968 foi promovido a general-de-brigada e nomeado comandante da 3ª Divisão de Infantaria, sediada em Brasília. No início dos anos 70, foi chefe interino do Comando Militar do Planalto, onde foi acusado de comandar torturas a presos políticos, e chefiou as tropas que combateram a Guerrilha do Araguaia, em 1972, subordinado ao general Viana Moog. 1

Em 1973, com o comando dos combates aos guerrilheiros passando ao general Hugo Abreu, Bandeira foi transferido para a chefia do Departamento de Polícia Federal (DPF), onde se fez notar pela forte censura exercida sobre publicações, filmes e peças de teatro, entre as quais a peça Calabar, de Chico Buarque de Hollanda, considerada por ele como uma "conspurcação da História do Brasil".

Se Bandeira é Maçom ou Iluminatti pouco me importa, seu valores são os mesmos. tudo seguiria uma rota linear, fato levando a fato e desembocando na verdade absoluta. essencialmente positivista.

1. O homem é inerentemente bom;
2. Todos os problemas do homem são o resultado de um ambiente ruim. Portanto,
todos os problemas do homem podem ser solucionados se o ambiente for
modificado. Principalmente se o for por nossos seguidores.
3. A razão do homem é suprema e, se deixada inalterada pelo dogma religioso, pode
criar uma utopia terrestre;
4. Os fins maravilhosos justificam quaisquer meios necessários para alcançá-los. Essa
crença é o corolário da crença que o homem pode alcançar felicidade reestruturando
seu meio ambiente. Assim, qualquer ação, incluindo a matança  de
pessoas e golpes, pode ser justificada se faz avançar uma causa nobre.

O golpe de 1964 compartilhou desses princípios: o fim maravilhoso do "capitalismo democrático" e das "liberdades" justificou a ilegalidade, a matança, a tortura. Permitiu aos generais se igualarem aos inimigos.

O engraçado é que as outras duas faces da pirâmide que inspira o general, o Globo e o PT compartilham a mesma visão: que eles também anunciariam a nova ordem mundial, tem princípios semelhantes e objetivos idênticos.

Some-se a isso o corporativismo extremo dessas 3 instituições e o caldo verde e amarelo está pronto.

Então porque as três faces da pirâmide do olho que tudo vê discordam entre si?


O militar com seu conceito de lealdade religiosa não admite a "traição" do Globo já que para eles só existem acordos de princípios. Fingem näo imaginar que existam acordos de circunstâncias täo comuns aos políticos e capitalistas genéticos. Esquecem que foi isso mesmo que fizeram com o Globo quando perpetuaram o golpe, não respeitando o acordo de eleições em 1966. A pseudo revisão do globo feriu profundamente um principio militarista absoluto de lealdade que nem os militares respeitaram no passado.

O Globo por outro lado nunca viu a perpetuação do golpe com os mesmos olhos dos militares. Foi um aliado de ocasião diante de uma ameaça maior, mas o objetivo principal era participar ativamente do poder, a partir de 1966, repartindo decisões. Foi alijado do processo com ameaças violentas, resistiu aderindo pra diminuir o prejuízo mas nunca concordou, alias mesma posição que mantém em relação aos PTs até hj, resiste aderindo, concorda discordando no melhor estilo eu quero mesmo é a brasa pro meu churrasco.

É aqui a minha perplexidade em relação ao general e seu ataque de nervos: um oficial general, educado dentro dos preceitos positivistas maçônicos de secretismos, golpes restauradores dos " fins maravilhosos" e perseguidores da verdade absoluta. Estava lá o general quando os militares traíram os aliados do golpe: o Globo, Lacerda, sociedade civil etc. Nunca percebeu que estava lidando com iguais/diferentes?

A lealdade cobrada só é viável entre os que compartilham a mesma verdade, os que compartilham verdades diferentes näo compartilham lealdades absolutas, estão a espera da chance pra tomarem para si o poder e obterem as devidas vantagens. São aliados circunstanciais

É óbvio que a democracia não qualificada do globo não é um alinhamento aos PT"s nem a ninguém especifico, Globo e PT não compartilham do mesmo conceito de democracia, quando o globo não qualifica sua democracia salvadora da democracia ele está se posicionando em relação a um futuro ambíguo, de novo se protegendo para mais uma aliança de circunstâncias , para poder continuar discordar/concordando e manter o lucro que é o que realmente importa pra família que controla a instituição. Não é que não tenham  princípios, e sim que o lucro é o maior deles.
Todos tão diferentes e tão iguais. E por isso que eu defendo a democracia com fim de nenhum processo, a democracia é meio.
Que Osires leve o barco do Bandeira pra bem longe do Brasil.

pax, EPCAr 75.

Nenhum comentário:

Postar um comentário