domingo, 2 de fevereiro de 2014

Indígena brasileiro das FARC denuncia recrutamentos forçados

Conhecido como Hernán, o índio se entregou neste domingo ao Exército colombiano 

Um indígena brasileiro que integrava as FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) se entregou às autoridades e disse que pelo menos 30 índios de várias etnias foram forçados a integrar a organização, segundo informou neste domingo (22/09) o Exército colombiano.

Segundo um comunicado, o indígena, conhecido pelo codinome "Hernán", de 24 anos, foi recrutado pelas FARC em uma zona rural de Inirida, capital do departamento colombiano de Guainía, na fronteira com Venezuela e Brasil,

Hernán chegou ao território colombiano vindo do Brasil em companhia de um tio para trabalhar na região e foi recrutado pelo guerrilheiro conhecido como "Robinson".

                                   Comandante conhecido como "O Negro Tomas" se entrega ao Exército da Colômbia na última quinta-feira (19)

Ao se entregar, Hernán disse aos militares que pertence à tribo curripaco e que já participava das FARC havia seis meses.

O Exército informou ainda que outro indígena, menor de idade, se entregou juntamente com Hernán, mas não deu mais informações.

Hernán denunciou que outros 30 índios, dos povos cubeo, tucano e desano foram recrutados à força pelas FARC.

O índio afirmou que ao ingressar no grupo os guerrilheiros prometeram alimentação, roupas e transporte. Além disso, contou que os rebeldes o ensinaram a atirar e a manejar explosivos.

Hernán disse ainda que trabalha construindo trincheiras, coletando lenha e realizando outras atividades.

Na última quinta-feira (19), um dirigente de uma das frentes da guerrilha, conhecido como "O Negro Tomas" também se entregou voluntariamente ao Exército colombiano.

Fonte: NOTICIAS


Quer fazer revolução? Chegou tua hora!

"Nosso dever é disputar os governos de coalizões, os governos de frente populares. Pautar esses governos com ações que mudem concretamente a vida do povo. E, ao mesmo tempo, ir acumulando forças para a revolução..." A Marighella
Ué... agora pode? E as FFAA permitem? Ah!... são "novos tempos"... esqueci que elas só podem intervir na garantia da ordem e da integridade do "leilão da Petrobrás".... no resto, bico calado... mas, depois,  haverá muito choro e ranger dos dentes... muitos irão dizer que o mundo é mau... muitos lavarão as mãos como Pilatus... muitos pularão o muro... e muitos irão sofrer... irão chorar o leite derramado... e irão morrer... culpa de quem??? dos que lavaram as mãos como Pilatus... dos que se omitiram por medo ou conveniência... dos que hoje são fracos na sua integridade moral e que se esqueceram de seus juramentos sagrados de defender a Pátria... dos que preferem ficar de "bico calado" a reivindicar a manutenção da sua dignidade militar e da Pátria Mãe... esses são fracos e imorais... esses jamais se expõem para defender seus pontos de vista para não se arriscarem... são covardes e mesquinhos... esses serão os que mais chorarão.
Enfim, quem viver verá! Rezo para estar enganado!

Luzardo Cel Av Ref

Nenhum comentário:

Postar um comentário