domingo, 4 de maio de 2014

* BOMBA* ESSA BOMBA NOS JA ESPERAVAMOS


AMIGOS! BOMBA… BOMBA !!! E das bemmm explosivas!

E, eu tinha perdido esta: 
Operação Monte Pollino, está conectada com a Operação Lava-Jato!!
=> Antes de ler, proponho que 'pensem' em: viagens constantes de pessoal do governo à Italia, Espanha e Portugal… Financiamento do Porto de Cuba e do Porto do Paraguai, aviões de politicos flagrados contendo droga, compra de sucata petroleira hiper faturada… e em alguns nomes - Youssef, Vargas, Gleise, Padilha, Paulo Roberto Costa e outros que não preciso escrever!

=> A prova deste relato está listada em "fotos" do processo" no MPF que consegui e posto abaixo - muito grande, então, postei algumas páginas!

-> Está presa na Espanha a "doleira" brasileira Maria de Fátima Stocker, gaúcha de 41 anos, de Vicente Dutra, com familia em Parobé, na Região Metropolitana de Porto Alegre. 
A "doleira" está presa na Penitenciária Madrid V - Soto Mayor, na Espanha, há cerca de 15 dias.

-> Mária de Fátima Stocker foi 'presa pela Interpol', em uma operação na qual participaram representantes das polícias especiais da 'Espanha', 'Suiça', 'Inglaterra' e 'Itália'… (VAI ANOTANDO).
Alertados pela polícia italiana, a Polícia Federal de Santos encaminhou à Interpol o pedido para a sua prisão ...

-> A investigação que acabou levando-a a prisão, deferido pela Justiça Federal, foi iniciativa após este alerta da polícia italiana a respeito do "tráfico de duas toneladas mensais de cocaína pura", originária do Peru e da Bolívia, promovido pela máfia italiana Ndranghetta.

-> Os traficantes peruanos e bolivianos ingressavam no porto de Santos à noite, arrombavam contêineres com destino a portos europeus e colocavam a carga de cocaína dentro deles. Depois avisavam seus comparsas da mafia Ndranghetta para invadir navio na Itália e resgatar a cocaína de dentro dos contêineres.
AGORA => A Ndranghetta pagava `a "doleira Maria de Fátima Stocker", que passava aviso ao "doleiro Alberto Youssef" (SABEM QUEM É?!), avisando que já estava com o dinheiro, e que ele podia passar o valor correspondente, no Brasil, aos traficantes donos da cocaína pura. (!)

-> Onde o doleiro Youssef levantava o dinheiro para financiar os pagamentos do tráfico de cocaína? 
Junto com seus relacionamentos no PT e no governo petista, nos desvios de recursos públicos, da Petrobras e de outros órgãos governamentais, como no Ministério da Saúde.
-> A operação de investigação internacional levou mais de dois anos. 
Nesse ínterim, foram barradas algumas das exportações mensais de duas toneladas de cocaína pelo porto de Santos. 
Então, a máfia Ndrangheta tentou transferir suas operações de embarque da droga para o Amapá, onde mergulhadores enviados da Itaília tratavam de afixar a carga ao casco de navios. (IMITANDO PABLO ESCOBAR!)
E... Uma dessas cargas foi mal afixada e boiou, alertando a Polícia Federal. Os mergulhadores tiveram tempo para fugir. (CLARO!)

-> Em Santos, o alerta da polícia italiana gerou a 'Operação Monte Pollino', que se CONECTOU com a 'Operação Lava-Jato'.
QUE TAL ??
A doleira saiu do Brasil e foi morar na Suiça e adquiriu a cidadania da Suiça. Depois em Londres, onde também mora uma irmã …

-> As duas já eram monitoradas pelos serviços secretos norte-americanos, especialmente a NSA (National Security Agency). Foi a NSA que avisou os serviços policiais italianos, e estes avisaram a Polícia Federal brasileira.

-> A Polícia Federal, no Brasil, passou a investigar uma operação de tráfico de cocaína e… "bateu de frente" com um "gigantesco esquema de desvio" de recursos públicos no "governo petista de Dilma Rousseff "… e na maior estatal brasileira, a Petrobras, gerando recursos que serviam para financiar o tráfico internacional de cocaína.

-> Este cenário talvez ajude a compreender a grande irritabilidade que se apoderou do governo da petista Dilma Rousseff contra o governo americano e o presidente Obama... inclusive com o cancelamento de visita oficial à Casa Branca. E não a desculpa veiculada na midia.

-. Agora, as duas operações foram deflagradas praticamente ao mesmo tempo, uma no Brasil e outra nos países europeus.
Maria de Fátima Stocker deverá ser defendido na Justiça Federal brasileira pelo advogado Eduardo Jobim, de Santa Maria… 
PERGUNTO: QUEM PAGARÁ, HEIN???
 Fonte;https://www.google.com.br/#q=Operação+Monte+Pollino%2C+está+conectada+com+a+Operação+Lava-Jatohttps://www.facebook.com/MelBustamante

A máfia italiana que importava cocaína com elevadíssimo teor de pureza do Peru e Colômbia, a recebia através de navios…-> Mas, antes a droga saía, via terrestre, desses países produtores - Bolivia, Colombia, Peru, Paraguai… e seguia até o BR, onde era "armazenada na região de Campinas" ou seguiam para o Uruguai!
E dali, partiam para a Europa, através dos portos.
O BR era o responsável pela distribuição, logo, precisa usar os portos.-> Com a definição do "navio no qual o entorpecente seria embarcado em Santos"... ele era acondicionado em malas e mochilas de viagem. Estas, por sua vez, eram ocultadas entres os mais variados tipos de carga em contêineres. O destino da cocaína era diversos portos europeus, mas dois deles merecem destaque.
->Um desses portos é o italiano de Gioia Taura, na região da Calábria. Por ficar mais perto da base da ‘Ndrangheta, ele recebeu o maior número de remessas de cocaína 'despachadas por Santos'. 
O outro é o "português" (*vejam só… e façam suas conexões!) de Leixões, 'no qual houve a maior apreensão da droga' (313 quilos), em 2012.
-> Porém, por questões 'logísticas', portos da Espanha, Alemanha e Bélgica também fizeram parte das rotas da máfia calabresa, que depois se incumbia de realizar a distribuição do entorpecente no território europeu.
-> Estima-se que a organização criminosa recebia do Brasil de 100 a 150 quilos de cocaína por semana… !
E por falar me logística… que passou a ser a preocupação maior da quadrilha… Volto a pensar nos portos que o BR está construindo para os amigos , camarada/comparsas/compañeros… como o, já prontinho, de Cuba e o próximo, no Uruguai!
Dêm uma olhadinha abaixo, agora "desenhado" :
Anotei no grafico algumas possibilidades… mas, apenas por pura hipóteses… diante de tudo que tenho lido.



Vídeo: OPERAÇÃO MONTE POLINNO

Link: Braço da máfia calabresa que atuava no Porto de Santos é desmantelada.

A Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira, 20, no Rio de Janeiro, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás, Paulo Roberto da Costa, citado na Operação Lava Jato, deflagrada nessa segunda-feira, 17, para desmontar organização criminosa acusada de lavagem de dinheiro no montante de R$ 10 bilhões.
                                 Investigações mostram relações próximas do ex-diretor (foto) com doleiro Alberto Youssef

Na segunda-feira, durante a operação, a PF fez buscas na casa de Paulo Roberto da Costa e encontrou, em espécie, US$ 180 mil e cerca de R$ 720 mil. Ele também é investigado pelo Ministério Público Federal do Rio de Janeiro por irregularidades na compra da refinaria de Pasadena, no Texas, Estados Unidos, pela estatal brasileira. Costa foi um dos responsáveis por elaborar o contrato da compra da refinaria.



As investigações mostram relações próximas do ex-executivo com o doleiro Alberto Youssef, também preso na operação e condenado no caso Banestado - evasão para o exterior de US$ 30 bilhões, nos anos 1990.
Segundo a PF, Youssef teria dado em março de 2013 uma Land Rover a Paulo Roberto da Costa. O ex-diretor afirmou que ganhou o veículo por serviços de consultoria prestados e que não há relação com o cargo então ocupado na estatal. Costa disse ter deixado a Petrobrás em abril de 2012.
Fonte: Operação Lava Jato

14 comentários:

  1. NUNCA IMAGINEI QUE UM DIA O BRASIL VIESSE A SER GOVERNADO POR QUADRILHAS DE TRAFICANTES. QUE VERGONHA. TEMOS QUE RECUPERAR NOSSO PAÍS. EXECUTAR DE ALGUM MODO TODOS ESSES BANDIDOS.

    ResponderExcluir
  2. Finalmente os tubarões estão aparecendo, se serão presos é outra história!

    ResponderExcluir
  3. Comentar o quê??
    Está tudo aí!
    Estamos governados por criminosos.
    Apenas a plebe ignorante, que sempre vota neles, que não percebe.

    ResponderExcluir
  4. Precisamos varrer essa quadrilha do poder! Cadeia é pouco!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. torturar e extraditar essa gente na ditadura foi pouco, comunista bom é comunista morto.

      Excluir
  5. Nao se esqueçam a P.F do parana e o MPPr esta fazendo seu trabalho. Acho que alguem acordoru o mPFederal

    ResponderExcluir
  6. A mídia alternativa precisa unir-se e divulgar estes fatos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estranho. a grande mídia não esta fazendo aquele comentário como de costume...porque será?

      Excluir
  7. Impressionante!!! Que quadrilha!!!

    ResponderExcluir
  8. pois é, para que a maioria do povo brasileiro saiba disso ainda vai levar muito tempo, e colocar essa turma de bandidos na cadeia não resolve nada dentro de um sistema onte não existe justiça. como disse VODGE, bandido bom é bandido morto.

    ResponderExcluir
  9. PT-QUEM GANHARIA COM A FUGA DO CERVERÓ, DILMA É A PRINCIPAL BENEFICIADA DE FUGA DE CERVERÓ??GLOBO TIRA O FOCO E ABAFA......MANIPULAÇÃO,....ENTÃO DILMA PODE ESTAR POR TRÁS DA FUGA DO CERVERÓ E OBSTRUÇAÕ DA JUSTIÇA??

    ResponderExcluir
  10. PT-QUEM GANHARIA COM A FUGA DO CERVERÓ, DILMA É A PRINCIPAL BENEFICIADA DE FUGA DE CERVERÓ??GLOBO TIRA O FOCO E ABAFA......MANIPULAÇÃO,....ENTÃO DILMA PODE ESTAR POR TRÁS DA FUGA DO CERVERÓ E OBSTRUÇAÕ DA JUSTIÇA??

    ResponderExcluir