quinta-feira, 19 de junho de 2014

A COPA DO JEGUE...

Imprensa internacional detona festa de abertura
 Não foram só os brasileiros que se decepcionaram com a festa de abertura:  excesso de números de dança sem o menor sentido, e um show em que três artistas, ao invés de cantar, usaram um playback com um som horrível. Houve quem qualificasse tudo aquilo como uma festa infantil de colégio...



 Imagens falam melhor do que milhares de palavras!

 Com os milhões que foram gastos para organizar e realizar a festa de abertura, qualquer escola de samba do Rio de Janeiro teria feito coisa bem melhor, com repercussão e elogios dentro e fora do Brasil!
VAIA NA ABERTURA DA COPA

O  PASSADO ME CONDENA



    E o falastrão ainda disse que no Estádio do Corintians, onde a Dilma foi vaiada, não havia pobre nem moreninho, mas só gente bonita. Quer dizer que pobre e moreninho são feios? A lógica não deixa outra saída...
   Será que o "Barba", também conhecido como "Agente Boi", fez essas declarações sob efeito da 51? O álcool costuma afetar os neurônios e leva as pessoas a dizer besteiras quando não estão sóbrias.
    É o caso de perguntar ao falastrão por que não compareceu ao jogo de abertura da Copa. Medo de compartilhar a vaia com a pupila?... Preferiu assistir ao jogo nos braços da Rose?...

 O CHUTE INICIAL DA COPA
Paraplégico, com exo-esqueleto, deu o ponta-pé inicial da Copa de 2014, mas a cena, que fazia parte da programação, não foi transmitida pela TV.




O  HOMEM  DO  JEGUE

Nenhum comentário:

Postar um comentário