quinta-feira, 3 de julho de 2014

Análise Impecável das Vaias à Dilma


PARA OS TRAJANOS, KFOURIS, PAULOS BETTIS, CHICOS BUARQUES, FRANKLINS, MARCOS AURÉLIOS, GILBERTOS CARVALHOS, LULAS E ASSEMELHADOS DESCOMPENSADOS E MILITANTES 
RAIVOSOS....​

De Maria do Rosário Pacheco 
A "elite" meus senhores, essa elite desprezível e sórdida a que vcs tanto se referem estava sim presente na festa de abertura da Copa. Estava ali bem acomodada na Tribuna de Honra representando os amigos do rei ou em setores especiais cercados de mordomias e coalhados de políticos sem vergonha, os baba ovos desse governo imundo.

Os pagantes do Itaquerão eram torcedores, gente que gosta de futebol e acalentava o sonho de ver a Seleção jogar numa Copa do Mundo. 
Gente que não sem esforço juntou dinheiro pra comprar ingresso, dinheiro fruto do trabalho e não de roubo, e portanto enfrentou as filas e a desorganização com o único propósito de realizar um sonho.
Essa multidão não foi constituída por alienados ou bolsistas, nem pelos que mamam nas tetas do governo, os oportunistas, os corruptos. Estava lá a classe média trabalhadora e pagadora dos seus impostos, CIDADÃOS com suas famílias e amigos. Exatamente a verdadeira classe média que hà 20 anos vem sendo desprestigiada, governo após governo, pela doença do esquerdismo que privilegia seus militantes parasitas e incompetentes, e massacra o competente não cooptado.

Foram esses dignos brasileiros trabalhadores que, apesar do desprezo pelo mérito dessa governança, ainda conseguiram encher as arquibancadas, com seus ingressos a preços estratosféricos. E Lula ainda acha que “a sua classe média bolsista” ia ter condições de assistir aos jogos? Quanta hipocrisia desse criminoso déspota ignorante, e sofista do retrocesso!  Foram ver a Seleção e aguardaram muitos meses, talvez anos pelo espetáculo grandioso da abertura da tão propalada Copa das Copas. E o que se lhes apresentou foi um espetáculo chinfrim ao custo de milhões e pela primeira vez na historia das copas não houve discursos, a  “ignoranta” presidente, autoridade máxima do país nem sequer lhes dirigiu um aceno, visto que discursos compreensíveis nunca foi capaz de pronunciar.

O coro... "ei, Dilma, vai tomar no c*.." não foi previamente combinado, surgiu espontaneamente no meio da multidão e o brado ecoou e foi repetido por todos os cidadãos indignados que não aguentam mais as bandalheiras desse governo  corrupto, arrogante e prepotente, e acima de tudo incompetente, mas insiste em continuar criando espaço no governo para se cercar exclusivamente da súcia de seus retrógrados militantes, como meio de ocultar a própria incompetência...

Estamos cansados de pagar as contas e sermos feitos de idiotas.
E agora vêm vcs querendo dar lição de moral? Acharam feio? Feio é o que nos obrigam a vivenciar todos os dias. Vergonha é ser afrontado, espoliado, vilipendiado, roubado e não ter aonde reclamar, e ser forçado a seguir a boiada pois assim exigem os “bons costumes”, exatamente os costumes que vocês da atual “governança”, são e sempre foram os primeiros a se acharem no direito de confrontar...
Esses brasileiros que fizeram coro no Estádio me representam, pessoas ordeiras e dignas que soltam a voz com emoção e respeito ao Hino Nacional mas que,  indignadas com os desmandos, aprenderam a mandar seu recado ao governo usando a única linguagem que esses cafajestes entendem: a linguagem do submundo das suas origens morais de torpes valores, da hipócrita escória ideológica que se apoderou do país, e de onde se aboletam às nossas custas.

2 comentários:

  1. Povo do Rio (RJ)
    Fazendo as vontades da garotinha (Coluna do Aziz Ahmed)

    04/07/2014
    Fazendo as vontades da garotinha
    Está causando mal estar na base de apoio à candidatura de Antho-ny Garotinho ao governo do Rio o estilo desagregador da deputada Clarissa Garotinho, agindo como filha mimada fazendo prevalecer suas vontades diante de um pai flácido e tolerante. Dizem os líderes dos partidos aliados que foi da "fíüiinha do papai" a indicação do vereador Márcio Garcia (PR) para vice na chapa de Garotinho. Bombeiro, preso em 2011 por comandar a invasão ao quartel-central da corporação, Garcia é tido como um político mais capaz de jogar gasolina no fogo do que de apagar incêndios.
    As vontades da garotinha-2
    Novo mal estar foi causado pela deputada Clarissa Garotinho ao comandar, ontem, uma reunião no Clube Municipal, na Tijuca, para apresentar o vereador Márcio Garcia (PR) como candidato a vice na chapa do pai. Vestida de vermelho, só permitiu a entrada de bombeiros ao incêndio eleitoral, barrando a entrada até de membros do diretório regional do partido.

    ResponderExcluir
  2. ué votaram nela agora reclamam ? o pai vai governar esse estado vai vendo!

    ResponderExcluir