terça-feira, 5 de agosto de 2014

Marcio Garcia, o Bombeiro Militar. É 22!

Um pleito eleitoral histórico, um militar do Estado do Rio de Janeiro à frente do Executivo.

Não dá para ignorar, PMS e BMs tem a real possibilidade de eleger um Vice Governador, um representante do militar cidadão, o Major BM e Vereador Marcio Garcia.

O General que não quis ser Coronel, é assim que podemos definir o Major Marcio Garcia, que saiu do quartel e se juntou aos que almejavam DIGNIDADE e RESPEITO, foi para a ALERJ onde ficou acampado na calçada da Casa Legislativa deste Estado. 

Lógico que abriu mão de sua carreira, pois, sabia das consequências que estavam por vir, uma reprovação por parte de seus superiores.
Marcio Garcia tinha um cargo comissionado numa prefeitura, que lhe rendia cerca de R$ 4.000,00 mais seu vencimento de major BM. Tão logo marcou presença nas manifestações, foi exonerado. Seu ideal valeu mais que sua gratificação.
             Vídeo de 2011 quando da decisão do Fora Cabral, que estranhamente não aconteceu.

Nas eleições municipais ele foi eleito Vereador do município do Rio de Janeiro com quase 14.000 votos, mostrando que, apesar de não haver mais de 4.000 BMs votantes neste Município, foram unidos em prol de sua candidatura.

Como Vereador e bacharel em direito, Marcio Garcia foi vitorioso no primeiro habeas corpus contra prisão disciplinar. Ele não esqueceu seus eleitores assim como Vice Governador deste Estado, estará sempre com as causas dos Militares Estaduais à frente de seu trabalho. 

Para quem conhece Marcio Garcia, este é o nome que deve ser lembrado na eleição de 2014. Ele é 22 na chapa de Garotinho, voto nele como verdadeiro representante de todos os segmentos do funcionalismo público do Estado do Rio de Janeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário