quarta-feira, 13 de agosto de 2014

POLÍCIA FEDERAL DESCOBRE DIPLOMAS FALSOS ENTRE MÉDICOS CUBANOS

Vemos nessa foto a primeira médica cubana com superpoderes! Kenia Rivero Martinez está auscultando o paciente com o estetoscópio fora das orelhas!


PF DESCOBRE GRANDE QUANTIDADE DE DIPLOMAS FALSOS ENTRE MÉDICOS CUBANOS
MAIS UM ALERTA DE CRIME DO pt CONTRA O POVO BRASILEIRO...LEIAM ABAIXO E DÊ A MAIS AMPLA DIVULGAÇÃO, INCLUSIVE E PRINCIPALMENTE, NAS REDES SOCIAIS.
FONTE: DIÁRIO DE HOSPITAL - 27/07/2014

Inacreditável!
Polícia Federal descobriu grande quantidade de DIPLOMAS FALSOS entre médicos cubanos do "MAIS MEDICOS",programa eleitoreiro do PT na tentativa de eleger Alexandre Padilha governador de SP.
Al Padilha é aquele que comprou viagra superfaturado no Mato Grosso do Sul com o dinheiro do SUS.
Esses falsos médicos não cursaram medicina alguma!  Existem "médicos" inscritos no programa que nunca cursaram medicina, sequer começaram o curso!
A Polícia Federal deflagrou a operação contra um esquema de fraude na emissão de diplomas falsos que eram revalidados para o exercício da profissão no Brasil e participação no programa MAIS MÉDICOS.
Durante a Operação Esculápio - em referência ao deus da medicina e da cura na mitologia greco-romana, foram expedidos 41 mandados de busca e apreensão pela 7ª Vara Criminal da Justiça Federal no Mato Grosso.  Os mandados estão sendo cumpridos em 14 Estados:
Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Paraíba, Pernambuco, Roraima, Rio Grande do Sul e São Paulo.
De acordo com a Polícia Federal, as investigações tiveram início depois que a Universidade Federal do Mato Grosso entrou em contato com universidades bolivianas(Universidad Nacional Ecológica, Universidad Técnico Privada Cosmos e Universidad Mayor de San Simon), que confirmaram que entre os inscritos no programa de revalidação, 41 nunca foram alunos ou não concluiram a graduação nessas instituições.
Na análise dos documentos, a Polícia Federal constatou que dos primeiros 41 inscritos, 29 foram representados pelos mesmos advogados ou despachantes que fizeram a inscrição dos supostos médicos no PROGRAMA REVALIDA.
Essa notícia nem foi veiculada pela grande mídia que parece não estar nem aí se o povo está sendo atendido por falsos médicos ou não.

É, o PT só pode trazer médicos com uma formação igual à do LULA.

confira no site:
http://www.folhapolitica.org/2014/03/policia-federal-descobre-esquema-de.html

Surpreso? Ora, deixe de ser ingênuo!





7 comentários:

  1. A VERDADE ESTÁ LA FORA!!!

    ResponderExcluir
  2. Realmente, a esquerda sempre tentando ferrar o pais. Alias, otimo blog amigo, abcs!

    ResponderExcluir
  3. ué !nos tivemos um coronel coordenando a segurança publica do rio de janeiro, que nem soldado foi!! ministrou cursos até para o ficiais tido como BAMBAM! e nao era de esquerda não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Do que você está falando? O que isso tem a ver com os absurdos que o pessoal da esquerda vem fazendo? O PT, se continuar no poder, vai destruir o país, vai acabar definitivamente com o Brasil!

      Excluir
    2. Boato – Médicos cubanos estariam usando diplomas falsos no Brasil. Polícia Federal descobriu tudo em operação.

      Desde que foi implementado no Brasil, em 2013, o programa Mais Médicos tem recebido opiniões divergentes. Além disso, o programa foi relacionado a inúmeros boatos que circularam pela rede nos últimos tempos. E parece que as mentiras envolvendo o programa estão longe de chegar ao fim.

      Recentemente, uma notícia afirmando que a Polícia Federal descobriu que médicos cubanos usariam diplomas falsos ganhou força. A informação dá a entender que os médicos cubanos que estariam trabalhando no programa foram flagrados com diplomas falsos e, na realidade, não estudaram medicina. Confira um trecho da notícia:

      Polícia Federal descobriu grande quantidade de diplomas falsos entre médicos cubanos do “Mais Médicos”, programa eleitoreiro do PT na tentativa de eleger o Alexandre Padilha a governador de SP. Alexandre Padilha é aquele que comprou viagra superfaturado no MS com o dinheiro do SUS. Esses falsos médicos descobertos não cursaram medicina alguma! Existem “médicos” inscritos no programa que nunca sequer cursaram medicina!

      A Polícia Federal deflagrou a operação contra um esquema de fraude na emissão de diplomas falsos de medicina que eram revalidados para o exercício da profissão no Brasil e participação no programa Mais Médicos. De acordo com a PF, as investigações tiveram início depois que a Universidade Federal do Mato Grosso entrou em contato com universidades bolivianas (Universidad Nacional Ecológica, Universidad Técnico Privada Cosmos e Universidad Mayor de San Simon), que confirmaram que entre os inscritos no programa de revalidação, 41 nunca foram alunos ou não concluíram a graduação nessas instituições.

      No texto, percebe-se que a notícia tem cunho político. Esse fato já seria suficiente para gerar desconfiança. E como onde há fumaça há fogo, a notícia não passa de balela. De certa forma, a informação não é completamente mentira. O que houve, nesse caso, foi a utilização errada dos fatos.

      Em Agosto, a Polícia Federal expediu 41 mandados de busca e apreensão contra médicos que estariam tentando revalidar o diploma de medicina no Brasil. Os médicos tentaram a revalidação pela Universidade Federal do Mato Grosso, que identificou a farsa. E a verdade? TODOS os supostos médicos eram brasileiros com diplomas de universidades da Bolívia.
      (vergonha.. vergonha ocultam a verdade e além falam a mentira de nos,eu estou no Brasil para atender a população que precise com as minhas duas mãos.. não entendo de esquerda ou direita..

      Excluir
    3. Boato – Médicos cubanos estariam usando diplomas falsos no Brasil. Polícia Federal descobriu tudo em operação.

      Desde que foi implementado no Brasil, em 2013, o programa Mais Médicos tem recebido opiniões divergentes. Além disso, o programa foi relacionado a inúmeros boatos que circularam pela rede nos últimos tempos. E parece que as mentiras envolvendo o programa estão longe de chegar ao fim.

      Recentemente, uma notícia afirmando que a Polícia Federal descobriu que médicos cubanos usariam diplomas falsos ganhou força. A informação dá a entender que os médicos cubanos que estariam trabalhando no programa foram flagrados com diplomas falsos e, na realidade, não estudaram medicina. Confira um trecho da notícia:

      Polícia Federal descobriu grande quantidade de diplomas falsos entre médicos cubanos do “Mais Médicos”, programa eleitoreiro do PT na tentativa de eleger o Alexandre Padilha a governador de SP. Alexandre Padilha é aquele que comprou viagra superfaturado no MS com o dinheiro do SUS. Esses falsos médicos descobertos não cursaram medicina alguma! Existem “médicos” inscritos no programa que nunca sequer cursaram medicina!

      A Polícia Federal deflagrou a operação contra um esquema de fraude na emissão de diplomas falsos de medicina que eram revalidados para o exercício da profissão no Brasil e participação no programa Mais Médicos. De acordo com a PF, as investigações tiveram início depois que a Universidade Federal do Mato Grosso entrou em contato com universidades bolivianas (Universidad Nacional Ecológica, Universidad Técnico Privada Cosmos e Universidad Mayor de San Simon), que confirmaram que entre os inscritos no programa de revalidação, 41 nunca foram alunos ou não concluíram a graduação nessas instituições.

      No texto, percebe-se que a notícia tem cunho político. Esse fato já seria suficiente para gerar desconfiança. E como onde há fumaça há fogo, a notícia não passa de balela. De certa forma, a informação não é completamente mentira. O que houve, nesse caso, foi a utilização errada dos fatos.

      Em Agosto, a Polícia Federal expediu 41 mandados de busca e apreensão contra médicos que estariam tentando revalidar o diploma de medicina no Brasil. Os médicos tentaram a revalidação pela Universidade Federal do Mato Grosso, que identificou a farsa. E a verdade? TODOS os supostos médicos eram brasileiros com diplomas de universidades da Bolívia.

      Excluir
  4. Eu votarei em qualquer candidato que não seja do PT! Tenho, pelo visto, duas opções: Marina ou Aécio Neves. Fora Dilma!

    ResponderExcluir