segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Eleições: o verdadeiro motivo dos ataques entre os candidatos


Jornal do Brasil
Opinião

As supostas discussões ou ataques entre candidatos à Presidência da República tentam na realidade encobrir a verdadeira crise que ninguém no Brasil pode encobrir. Os jornais estão repletos de notícias dando nomes de parlamentares que teriam recebido propinas, ou quem sabe, o sangue do povo, em troca de apoio a um corrupto que deveria estar dormindo nos cárceres de alta segurança que abrigam delinquentes piores do que Fernandinho Beira-Mar. 
Ou quem sabe fosse mais fácil - e melhor para o custo de um delinquente desse tipo ao país - se ele estivesse numa penitenciária de baixa segurança e, quando tentasse fugir, trocasse balas com policiais e não tivesse a sorte de ser o mais certeiro.
Esses supostos ataques encobrem a desmoralização de parlamentares que ocupam cargos importantes na direção do Legislativo brasileiro, que só serve para manchar a democracia de nosso país. Os ataques que estão sendo feitos deveriam ser dirigidos ao que vai acontecer no país com 202 milhões de habitantes que tem a recessão arrombando a sua porta. Existe algum estudo, exemplo ou tratado que fale em recessão em um pais de 202 milhões de habitantes, com mais de 70% do povo precisando do amparo do Estado? 
As discussões ou os ataques a que estamos assistindo servem para encobrir a falta de ação daqueles que deveriam agir para impedir que esse Congresso não se renove. Ou impedir que o Congresso não volte a um novo período legislativo com esses que não podem ser considerados menos que deliquentes, se realmente  estiverem envolvidos nesta bandidagem não só da Petrobras, mas de todos os outros escândalos recentes. 
Escândalos que fizeram com que o povo fosse para as ruas nas passeatas de junho do ano passado. Naquele instante, todos diziam que aquelas manifestações eram para que o Brasil mudasse. E vai mudar?
A delação premiada desse delinquente terá consequências, se for verdadeira, antes das eleições? Se as acusações forem verdadeiras, o país pode continuar a conviver com um Congresso onde mais de 1/3 estará envolvido em processos criminosos de corrupção.
Serão esses ataques um reflexo do fato de os candidatos não poderem debater a verdade? Todos deveriam estar buscando representar o povo, mas está quase claro que o povo não tem nenhuma vontade de votar nesses senhores. 
Esses ataques são o grito que, na imaginação dos que gritam, fará com que o povo não seja ouvido nos seus verdadeiros pedidos de ajuda, na necessidade que tem de voltar a ter um país onde este tipo de vergonha, que há muito não presenciávamos, não aconteça mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário