quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Dilma: otimista, idiota, mentirosa


O texto é de 2013, mas, em homenagem a ela, por ser sempre atual, merece ser postado sempre.

Bem, acompanhando o governo Dilma em seus discursos não tem como negar que a presidente não foge de três características: otimismo em excesso, pois acredita que uma pequena ação resolverá todos os problemas; idiota, pois pensa que ninguém ver a fragilidade de seu governo; e mentirosa, pois vive mostrando números que só engrandece sua administração. 


Otimista ela foi mais uma vez ontem em discurso no aniversário de São Paulo, quando disse que o país ia crescer e crescer muito com a redução de energia. O país pode crescer, mas não tanto quanto ela e seu ministro da fazendo prometem, o otimismo da presidente faz com que ela acredite tanto que não passe outra imagem que não de mentirosa. E como sempre, acha que todo mundo é idiota igual aos seus eleitores que ela faz o que quer e com um aumento miserável numa bolsa qualquer coisa já muda tudo e a considera salvadora da situação. Cadê o PAC? Por exemplo. Não seria o maior programa de crescimento que esse país já viu nos últimos anos? Está abandonado, mas serviu para elegê-la presidente e provavelmente vai reelegê-la, mesmo com os bilhões de reais jogados no lixo em obras inacabadas.

Idiota, ela pode não ser, mas quer fazer todo mundo de imbecil, pois usa uma frase bonita às vezes para aparecer na imprensa, mas no fundo a frase é tão inútil quanto suas ações em combate a miséria que ela diz está combatendo. Disse outro dia a um jornal francês que o Brasil combate a corrupção com firmeza, pode ser verdade, mas não por força de seu governo que é fruto do maior escândalo de corrupção que esse país já teve. Disse que não jogava sujeira embaixo do tapeto outro dia, mas teve em seu primeiro ano de governo quase dez ministros envolvidos com irregularidades em seus cargos e só os colocou para fora depois que a imprensa mostrou o quanto seu governo não poderia ser salvo se continuasse com eles em seus cargos, então por força da imprensa ela os mandou embora, pois por ela e seu partido nada mudava.

Mas esse é o governo que a maioria aprova, mesmo diante de tantos casos de corrupção, mentiras, de falso otimismo e idiotices. A Dilma todos os dias quando acorda deve se perguntar o que está fazendo como presidente desse país, pois nem ela mesma deve acreditar que comando o Brasil. Mas enquanto houver idiotas, imbecis e miseráveis no Brasil, o PT vai continuar no comando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário