domingo, 9 de novembro de 2014

LEIA OS 2 REQUERIMENTOS - DENUNCIA O "MST" !

Há quem pense que é paranóia ou imaginação, então leia, mesmo que esteja acompanhando pela imprensa. Se for para sucumbir, será por inércia, não por desconhecimento dos fatos!

Infelizmente os urbanóides desinformados continuam achando que eles são um "MOVIMENTO SOCIAL" (assim como o Estado Islâmico, as FARC, ....)


2. DO FECHO

Por tudo quanto posto, diante da legitimidade investigativa do Ministério Público, e com base nos argumentos colacionados na presente Representação, requer-se sejam apurados os fatos, circunstâncias e desdobramentos dos acordos celebrados entre o Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) e o Governo Bolivariano da Venezuela, por meio do “Ministerio del Poder Popular para las Comunas y los Movimentos Sociales”, com vistas à deflagração de uma revolução socialista no Brasil.

Petição ao Procurador Chefe da Procuradoria Regional da República da 1ª Região - Brasília/DF  Link: Petição




Desta forma, observa-se que o Governo brasileiro tem tanto a responsabilidade de respeitar o pluralismo político e de idéias como tem a obrigação legal e constitucional de jamais permitir que sejam assinados acordos, por quem quer que seja, em que sejam violados os princípios da Soberania e da Não-intervenção. Que esse Sr. Jaua tente fazer revolução socialista em seu país, mas  é gravíssimo que  venha ao Brasil , com a permissão do governo brasileiro   insuflar movimentos que já perpetraram atos de extrema violência em nosso País!  Pior, "treinar, capacitar e conscientizar esses movimentos para fortalecer uma revolução socialista".
Importante também observar que o nome desse ministro venezuelano esteve recentemente estampado nas páginas policiais. No último 24 de outubro, a babá de sua família foi detida no Aeroporto de Guarulhos sob a acusação de tráfico internacional de armas. Segundo essa Sra., a arma que carregava dentro de uma maleta pertence ao Sr. Jaua. De acordo com a Polícia Federal, além de trabalhar como babá da família do ministro, também figura no rol dos servidores da pasta chefiada pelo caudilho. 
Dessa forma, diante da gravidade dos fatos, julgamos fundamental que o Ministro de Estado das Relações Exteriores compareça a este órgão técnico, de forma a nos informar sobre o que pensa deste acordo, a posição do Governo brasileiro quanto ao tema e medidas que estão sendo tomadas neste cenário.
Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, Requerimento de Convocação.
LinK: Requerimento

Nenhum comentário:

Postar um comentário