quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Pedimos Investigação e punição JÁ


Chamamos a população brasileira para a MANIFESTAÇÃO que pedimos Investigação e punição JÁ, a ser realizada no dia 13 de Novembro de 2014 as 16:00 h. na Candelária, Centro do RIO DE JANEIRO, devidamente protocolada junto aos órgão oficiais de segurança.

Pedimos apuração isenta e clara através de TODOS os órgãos responsáveis legais e constitucionais, apuração, providências e punição urgentes quanto aos seguintes fatos que lesam a pátria:
• A natureza, reais participantes e objetivos do FORO DE São PAULO;
• Ameaça ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF);
• Corrupção na Petrobrás: “PETROLÃO”
• Aparelhamento e/ou uso indevido de ESTATAIS, Correios entre outros;
• Empréstimos, inclusive os “secretos” concedidos pelo governo através BNDS ou quaisquer outro meio, além do perdão de dívidas a outras nações;
• É imprescindível a imprensa livre, que apurem as mordaças políticas;
• Auditoria imediata na PREVI e PETRUS;
• Exame de revalidação dos diplomas de médicos do programa Mais Médicos, CUBANOS dentre outros, além do financiamento através pagamento direto ao governo cubano e a presença de militares cubanos no programa;
• Sucateamento dos hospitais Federais, programas e aparelhos ( Hospitais: Bonsucesso, UFRJ dentre outros);
• Programa Bolsa Família, dentre outros, pagos com impostos do povo, como política de Estado e não de partidos políticos;
• Super faturamento dos PACS e demais obras governamentais;
• Reforma política e fiscal através do Congresso e não através de partidos políticos ou governo;
• Urnas com possibilidade real de fraudes, imediata investigação dos muitos casos relatados; Mudança de regras exclusivamente para o pleito eleitoral presidencial de 2014 contemplando o cerceamento de informações parciais sobre a apuração dos votos, vazamento de informação a partidários políticos;
• Pleito eleitoral para presidência da republica repleto de calunias, difamação, ódio e terrorismo;
• Aumento para o STF e Congresso logo após pleito eleitoral;
• Aumento das contas de luz, Juros bancários, combustíveis, dentre outros, logo após o pleito eleitoral;
• Informar a população de forma clara e objetiva sobre os dados reais e caóticos da educação, saúde, violência, saneamento, miséria, qualidade de vida, usuários de drogas diversas e desenvolvimento humano;
Averiguação imediata do convênio firmado pelo governo brasileiro com a Venezuela para instrução do MST, ministro venezuelano entrou armado no Brasil e nada aconteceu; mesmo tendo sido a Venezuela acusada pelo Comitê contra a Tortura da Organização das Nações Unidas (ONU) de ser responsável pela tortura, maus-tratos, humilhações e outros tratos ou penas cruéis, desumanos ou degradantes. Para a ONU, a Venezuela atua como se vivesse "em um estado de exceção".
• Fechamento das fronteiras para impedir a entrada do enorme quantitativo de imigrantes ilegais, drogas e armas.
• Falta de posicionamento diplomático contra as atrocidades realizadas pelo Estado Islâmico: contra cristãos; da Venezuela: Contra seu povo.
• Proibir a concessão de permissão para trânsito e permanência temporária de forças estrangeiras no país, sem autorização do Congresso Nacional, por entender que podemos sofrer um golpe fatal nos moldes bolivarianos, apoiado pelos membros do Foro de São Paulo.
Teus Filhos na Resistência

Imprensa nacional e internacional devidamente informadas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário