segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

O “Capitão Nascimento” existe


Idealista, Combatente, Honesto e Trabalhador; com este perfil, tão diferente do que estamos acostumados ver entre os oficiais da Corporação, ele existe. O tão afamado “Capitão Nascimento”, sucesso no filme Tropa de Elite, hoje é Major.


Por certo não está em Comando, seu perfil não o indica para esta função. Não no antro de corrupção em que os gestores PMERJ se envolveram. Ele está “encostado” na DGP e nem gratificação recebe, vive de seu vencimento e de sua capacidade em empreender.


Existem muitos “Capitão Nascimento” na Corporação, homens e mulheres que por certo levariam a bi centenária PMERJ a ser realmente uma Polícia e não mais um empreendimento político.

Este “capitão Nascimento” está amarrado e subjugado a seus ideais e valores, que são os mais nobres que podem fazer parte do currículo do Oficial PMERJ, está na varanda. Na varanda dos que não interessam à política.

                                Comandante e Lider, dois perfis inseparáveis.

Eu o vi, eu o observo. Ele e tantos outros que podem ser os “Coronel Nascimento” que comandarão a minha, a sua, a nossa PMERJ. Uma PMERJ desvinculada de interesses políticos, voltada a segurança pública e à do seu efetivo.



Parabéns Major Freitas, me sinto honrado em estar ao seu lado. Mais ainda se pudesse ser diferente e estar ao seu Comando, Comando que não pude viver em minha época na ativa.


Um comentário: