terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Inacreditavel


Na visão esclarecida e humana do Lula a policia francesa foi violenta. Talvez devesse ter negociado com os facínoras. Quem sabe devesse ter "negociado" uma fuga pacífica para o Uruguai ou mesmo o Brasil, onde eles seriam bem recebidos.

Na visão da Maria do Rosário, uma mulher humanitária, sagaz, defensora dos direitos humanos no Brasil, todo cidadão tem o direito de ir e vir​, logo a policia francesa jamais poderia ter tentado impedi-los de "ir e vir". Assim eles poderiam continuar cometendo seus atentados onde lhes fosse mais conveniente. Quem sabe com proteção da policia francesa, que lhes garantiria o direito cidadão de ir e vir e fazer o que quisessem, não é mesmo? 


​A comunista Jandira Feghali repudia o governo francês por ter cometido um ato violento contra cidadãos que lutam pelaideologia de seu país​. Esta cidadã está um pouco confusa o que é natural para alguém que é do PC do B. Os "facínoras" eram franceses. Esta não é a ideologia da França, o que pudemos constar pelas milhões de pessoas que compareceram aos atos de repúdio aos crimes cometidos. 99% dos franceses são cristãos. Mesmo que fossem de outro país, seria um absurdo esperar que o governo francês pudesse tolerar tal afronta ao seu país. 

Nenhum país reconhecido internacionalmente apoiou os criminosos. Que eu saiba nem Cuba, nem Venezuela e nem o Brasil, que são países hoje dos quais pode-se esperar uma leviandade destas, tiveram a coragem de fazê-lo, oficialmente. Será que estes "imbecis" descerebrados estão manifestando-se em nome do governo brasileiro? Foi ordem emanada do palácio do Planalto? Ela, a comunista Jandira, reconhece o EI como país?

Nenhum comentário:

Postar um comentário