terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Somos esquerda? Desviamos o "foco"? Vá te catar! Só se for o seu "foco".


Não pretendia fazer comentários sobre o que estou presenciando, mas já está passando dos limites. Temos uma causa comum a todos, independente de lideranças e forma de conseguir, que é a Intervenção Constitucional.

Já presenciei vários desentendimentos aqui no Rio de Janeiro, dos quais procuro me afastar e não propagar a polêmica, afinal, não sou nenhum pretenso “general do povo”, sou o povo.

Surgem diversos personagens, vagando entre diversos postos do oficialato brasileiro e de várias Forças. Para quem se lembra, já houve até um pseudo general, que angariou uma quantidade invejável de seguidores, causando sua “desativação”. Sumiu! O E.B. foi em cima dele.

Pois bem, vamos ao “foco”. O foco é a Intervenção Constitucional como única forma eficaz de barrar a roubalheira e os diversos ilícitos mais ou menos graves que tomaram conta da política nacional, contaminando os três poderes.

Portanto, não posso admitir que dentre as diversas manifestações e ideias, uma só deva ser reconhecida. Reconhecida por quem? Por um acaso a manifestação que se realizará no dia 28 de março, na qual eu estou empenhado no Rio de Janeiro tem mais valor do que a que estaremos realizando no dia 24 de janeiro no CML? Em nome de quem fala esta pessoa que desqualifica manifestantes que sempre se empenharam numa só posição? Fala em nome das FFAA?

Em novembro do ano passado, esta mesma pessoa tentou desqualificar manifestação no Rio de Janeiro como sendo de PTista, o que não sou.

Sendo esta sua convocação para outra manifestação, dia 15, que não contou com o que prometeu. Presença de vários "artistas".

“QUEM QUER DINHEIRO”? Creio que na vida TRABALHAMOS e investimos no que acreditamos.

Como bem disse o Daniel neste vídeo, não há liderança, existem manifestantes com ideais comuns, os quais devem ser respeitados e não desacreditados sempre que a oportunidade aparece. Todos merecem respeito!

Esta foi nossa manifestação na Candelária qualificada de esquerda.

E esta em Copacabana, dia 15, no Copacabana Palace, onde esteve presente os Bolsonaros (pai e filho) e o Paulo Campelo, que depois nos conduziu até o Posto 6.

Somos esquerda? Desviamos o "foco"? Vá te catar! Só se for o seu "foco".

Nenhum comentário:

Postar um comentário