quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

O triplex do Guarujá e seus vizinhos


A imprensa informou, dias atrás, que ficou pronto o apartamento do Lula no Edificio Soláris, no Guarujá. A noticia provocou criticas, logo rebatidas por muitos como discriminação e preconceito contra o Lula, numa clara tentativa de mudar o foco da questão.

A questão não é Lula ter um triplex. Ele pode ter quantos quiser e onde quiser. A razão das criticas é o que aconteceu na Cooperativa Habitacional dos Bancários - Bancoop. Mais de 3.000 familias pagaram apartamentos à Bancoop na mesma ápoca que o Lula. Pagaram, não receberam o apartamento e ficaram sem o dinheiro, enquanto o apartamento de Lula, por razões até agora não reveladas, foi concluído.

O dinheiro sumiu, foi roubado. A Bancoop faliu em 2006 com uma divida de mais de 100 milhões e 22 obras foram paralizadas. De acordo com o processo que corre na Justiça, o PTista João Vaccari Neto era presidente da Bancoop na época da roubalheira e o dinheiro teria sido desviado para o caixaq doisw do PT e campanhas de políticos do partido.

As familias lesadas questionam o privilégio de Lula. Questionam também o de João Vaccari Neto e da mulher do PTista Freud Godoy, que tem apartamento no mesmo edificio. Por que os apartamentos deles, mesmo com a Bancoop falida, ficaram prontos e os delas não?

A pergunta aguarda resposta...Será que alguém vai responde-la? Como se vê não é uma questão de discriminação e preconceito. É uma questão de Justiça!

Nenhum comentário:

Postar um comentário