segunda-feira, 13 de julho de 2015

Congresso de Pedagogia na Universidade Federal do Parana


O pedagogo trabalha para garantir e melhorar a qualidade da educação em dois grandes campos de atuação: a administração e o magistério, de modo que pode tanto gerenciar e supervisionar o sistema de ensino quanto orientar os alunos e os professores. Em órgãos do governo, estabelece e fiscaliza a legislação de ensino em todo o país. Em escolas, orienta e dirige os professores, com o objetivo de assegurar a qualidade do ensino. Também é ele quem verifica se os currículos estão sendo cumpridos e se condizem com as leis educacionais. Acompanha e avalia, ainda, o processo de aprendizagem e as aptidões de cada aluno. Pode trabalhar também com portadores de deficiências físicas ou intelectuais, auxiliando em sua inclusão na sociedade, ou com educação a distância.


A palavra pedagogia vem do grego (pais, paidos = criança; agein = conduzir; logos = tratado, ciência). Na antiga Grécia, eram chamados de pedagogos os escravos que acompanhavam as crianças que iam para a escola. Como escravo, ele era submisso à criança, mas tinha que fazer valer sua autoridade quando necessária. Por esse motivo, esses escravos desenvolveram grande habilidade no trato com as crianças.
Hoje, pedagogo é o especialista em assuntos educacionais e Pedagogia, o conjunto de conhecimentos sistemáticos relativos ao fenômeno educativo.


O termo Congresso, originário da língua latina, com o sentido de caminhar, é um encontro de indivíduos que se unem com um objetivo conjunto, o de enfocar certos tópicos, transmitir artigos ou textos especialmente preparados para esta ocasião, expor proposições ou realizar um intercâmbio de conhecimentos.
Esta congregação, normalmente solene e promovida regularmente quando se trata de uma reunião de pessoas que trabalham na mesma esfera profissional, é muitas vezes aproveitada para também solucionar teses dependentes de uma futura resolução. Estes encontros são executados por organizações ligadas a determinadas atividades.

Blusas com a imagem de Lenin estavam em promoção, artigo mais vendido no Congresso de Pedagogia.


Observaram as fotos acima? São do Congresso de Pedagogia na Universidade Federal do Parana. O que menos se trata são assuntos inerentes a educação, tratam de “reforma agrária”  e pregam a “revolução” para tomada de propriedades e recursos dos “burgueses”  para distribuição aos pobres.

Resta saber se pregam também a devolução dos BILHÕES desviados pelos esquerdistas hoje no poder, o que teria meu apoio com a consequente aplicação no social; como educação, saúde e segurança. Mas acho que sobre isso nada falaram.


Lógico que muitos estudantes debandaram para este covil sabendo o que encontrariam, mas a grande maioria buscava conhecimento, aprimoramento do que “aprendem” nas Universidades Brasil afora. Aos incautos resta grande decepção, já que demandou gastos com transporte, alimentação e hospedagem, o que não deve ter sido barato aos pais que custeiam os estudos de seus filhos.

Che Guevara, Lenin e a foice e martelo foram os idolos presentes em som e imagens.

Regozijem-se! Estes serão os mestres de seu filho amanhã. Satisfeitos?

Nenhum comentário:

Postar um comentário