terça-feira, 14 de julho de 2015

Colégio PMERJ é peso para a Instituição?

Toma Gestor PMERJ!


Pais e mães que têm seus filhos matriculados no Colégio da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, no Fonseca, na Zona Norte de Niterói, denunciam que a corporação parou de investir na unidade, que corre o risco de fechar suas portas.
O processo seletivo que estava previsto para oferecer novas vagas para o ano letivo de 2016 foi adiado sem previsão de nova data. No total, 60% das vagas são destinadas aos dependentes de policiais militares, 30% para órfãos de PMs e 10% para o público externo.

PARTE OPERAÇÕES E INSTRUÇÃO
1. DGEI – CPM/ERJ – PROCESSO SELETIVO PARA O ANO LETIVO DE 2016
PUBLICAÇÃO FAZ
O Comandante-Geral, no uso de suas atribuições legais e atendendo à proposta do Diretor-Geral de Ensino e Instrução, adia sine die o Processo Seletivo do CPM/ERJ/2016.
(Nota – 1581 de 09 de julho de 2015 –DGEI/SEC)

A unidade funciona de 7h às 12h50 e a partir das 13h50 tem início as atividades extracurriculares. Além das disciplinas regulares, o colégio também oferece oficinas, aulas de apoio, transporte e três refeições diárias aos alunos. A alimentação foi cortada há cerca de um mês e a hora de saída foi antecipada em 40 minutos.
"Fizemos um investimento de R$ 500 no início do ano em uniformes de padrão militar e nossos filhos se orgulham em fazer parte da instituição militar. Os professores são policiais qualificados e que estão empenhados em passar o que tem de melhor no ensino nacional", contou uma das mães.
"A verdade é que o comando da PMERJ vê a escola como um peso financeiro. Hoje as crianças não têm mais o almoço, mas ainda temos professores e alunos empenhados em serem os melhores", desabafou.
Um dos pais também lamenta a atual situação da unidade escolar, que pode ser entregue à Prefeitura de Niterói.
"Quando coloquei meu filho no Colégio da Polícia fiz porque acredito na disciplina militar e sei que meu filho estará longe das drogas. Essa liberdade que tanto querem para o colégio trará más influências para nossas crianças", disse.
Inaugurado em 2006, o Colégio da Polícia Militar já foi ameaçado de ter suas portas fechadas, em 2012. Dois anos depois, conquistou a primeira colocação no Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (Ideb) no ranking de escolas estaduais do município de Niterói.
Roberta Tindade
Alguns Comentários:
Se a escola virar publica vai ser uma bagunça só! N pelos q ja estão mas sim pelos q vao entrar , pois n tem a mesma disciplina que temos ! O governo só sabe roubar , e o dinheiro q é para ser investido na educação eles preferem investir nas olimpíadas! Lamentável !! Nóis alunos q sofremos com tudo isso !

Dia 17 / 07 às 8 h nós pais dos alunos do colégio Militar da policia estaremos fazendo uma passeata para não fechar a escola, quem poder aparecer pra ajudar , eu agradeço!!!! Os alunos são o futuro do nosso País !!!

Não me admiro, muitos policiais votaram em Pezão, come medo de Proes e Ras, agora não tem do reclamar. Usem o dinheiro do Proeis e Ras para pagar um bom Colégio para seus filhos!

Muito triste vê uma escola com um ensino ótimo desse fechar as portas e junto está sendo fechado a esperança dessas crianças q ali estudam! Um absurdo! Não vamos deixar isso acontecer!!!!!!

acabou uniforme, acabou livros, acabou a merenda, acabou o almoço, e finalmente resolveram acabar com o colégio, obrigada PEZÃO..................

Muito bom Roberta nós ajude todo ano o governo tenta acabar com esse Colégio que têm conseguido bons resultado.

 Pois é mais fácil desvia 16 Milhões do fundo de saúde que investir em educação ao filhos do policiais.

nao votaram no paes/cabral/pezão? esse é o plano deles. fuder com a gente, pra conseguir melhorar oq fuderam...

Espero que essa situação mude, pois acreditamos no ensino Militar! Realmente lamentável.

Por postagem similar neste Blog fui ameaçado de responder Sindicância caso não retirasse a postagem e me retratasse. Agora é uma repórter que faz comentários com criticas aos gestores PMERJ, será ela também convidada a se retratar?



Nenhum comentário:

Postar um comentário