sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Não precisamos de muitos em quantidade, só a qualidade nos interessa.

Somos poucos, eu sei, mas a qualidade desses poucos representa a quantidade de milhares.

video

Nossa logística funciona muito bem, nosso aparato é impactante. Não pedimos dinheiro, doações e não precisamos de políticos conosco. Repudiamos Partido e políticos, sejam quais forem, só se estiverem declaradamente na causa Intervencionista.


Fomos lá com nossa logística e montamos o aparato. A via reduzia a marcha para ver, fotografar e registrar, é passagem para os principais quartéis do Rio de Janeiro, a Vila Militar.


Tão logo o dispositivo ficou pronto, viaturas ostensivas e descaracterizadas do E.B. e motos começaram a circular por nós, dentro dos vidros escurecidos era possível ver a silhueta das fotos e filmagens. Objetivo parcialmente alcançado, a geração de relatórios que circularão pelas esferas de comando.

Embora a via não tenha ficado engarrafada como observado em outros dias, a visibilidade foi imensa, buzinas, aplausos, gritos de Brasil!, sinais de positivo e outras aprovações deram aprovação ao que fizemos. Valeu!
Carros paravam, pessoas perguntavam, íamos distribuindo impressos esclarecedores da nossa atual situação política, onde só a Intervenção pode dar um “reset” no que eles fizeram com o Brasil.





Foram mais de três horas sob sol fazendo nossa manifestação, que como outras, circulará pelos comandos do E.B.



Nosso Muito obrigado a minha, a sua , a nossa Polícia Militar que sempre cumpre sua função Constitucional, dar segurança a sociedade. Obrigado Comando do 14º BPM e seus comandados.


Sentinelas Patriotas! Poucos sim, mas com muita qualidade.Selam bem vindos e traga sua qualidade.



video

2 comentários:

  1. A valorização dos profissionais de segurança pública é essencial!

    Todo mundo quer maior qualidade na segurança pública, mas para melhorar a qualidade será imprescindível melhorar a questão salarial, ou seja, valorizar o Policial Militar com uma remuneração digna. Os Policiais Militares do Rio de Janeiro morrem por um vencimento inferior ao Salário Mínimo Necessário!

    O Salário Mínimo Necessário foi calculado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) em R$ 3.377,62 (três mil, trezentos e setenta e sete reais e sessenta e dois centavos) no mês de Maio de 2015, de acordo com o inciso IV do artigo 7º da Constituição Federal de 1988 ("salário mínimo, fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender a suas necessidades vitais básicas e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo").

    http://www.dieese.org.br/analisecestabasica/salarioMinimo.html

    O adicional de periculosidade para profissionais de segurança pública foi aprovado!

    A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 193/15, que garante aos integrantes do sistema de segurança pública de todo o País o adicional de periculosidade. Pelo texto, cada estado vai estabelecer o valor do adicional, desde que observado um percentual mínimo de 30% sobre a remuneração total. Acrescido dos 30% de Adicional de Periculosidade (R$ 1.013,28), o valor do Piso Salarial da categoria deveria ser fixado em R$ 4.390,90 (quatro mil, trezentos e noventa reais e noventa centavos). O menor vencimento deve ser igual ou superior ao referido valor.

    "QUEM VIVE PARA PROTEGER, MERECE RESPEITO PARA VIVER." NÃO HÁ JUSTIFICATIVA PARA OS BAIXOS SALÁRIOS DOS SERVIDORES MILITARES NO RIO DE JANEIRO! POLICIAL MILITAR DESMOTIVADO SIGNIFICA SEGURANÇA PÚBLICA AMEAÇADA.

    ResponderExcluir
  2. VIMEMOS UM MOMENTO COMPLICADO, FUNDAMENTOS IDEOLÓGICOS VISAM DESMORALIZAÇÃO DAS POLÍCIAS, DAS NOSSAS FORÇAS ARMADAS E DAS INSTITUIÇÕES. PARALELAMENTE AS POLÍCIAS MILITARES SE ENCARREGAM ELAS PRÓRIAS DE DESVALORIZAR SUA IMAGEM. REVOLTANDO A OPINIÃO PÚBLICA COM FREQUENTES COMETIMENTOS DE ABUSOS DE AUTORIDADE, INCOMPETÊNCIA E CRIMES. UM JOVEM QUE SE PROPÓE A SER POLICIAL, DIFICILMENTE ARRISCARÁ SUA VIDA EM TROCA DE UM SALÁRIO DE FOME. MUITOS PRETENDEM INGRESSAR NA INSTITUIÇÃO COM OBJETIVOS CRIMINOSOS PREMEDITADOS. ABREDITO QUE JÁ PASSOU DA HORA DA SECRETARIA DE SEGURANÇA SER MUITO RIGOROSA NAS PROVAS DE SELEÇÃO, NO TREINAMENTO E NA EFICIÊNCIA DAS AÇÕES POLICIAIS. CONTUDO O PROBLEMA NÃO É APENAS DE CARÁTER ESTADUAL. AS LEIS BRASILEIRAS PRECISAM SER PASSADAS A LIMPO. NÃO ADIANTA A POLÍCIA PRENDER E A JUSTIÇA SOLTAR EM SEGUIDA. PROTEGER O CRIMINOSO E CRITICAR A POLÍCIA FAZ PARTE DAS MANOBRAS DE CUNHO IDEOLÓGICO PARA GERAR O CAOS SOCIAL.BASTA LER E OUVIR O NOTICIARIO PARA SENTIR A PIORA PROGRESSIVA DA FALTA DE SEGURANÇA NAS CIDADES BRASILEIRAS.

    ResponderExcluir