quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Ele não gosta da comunidade, gosta é da Barra e do "Playboy"

Bope prende traficante Peixe em condomínio de luxo na Barra, no Rio.


Peixe ofereceu suborno de R$ 1 milhão e 15 fuzis aos policiais militares. 
Na mesma ação, foi preso também Marco Antonio Sena de Andrade, vulgo Lambão ou Playboy. (união homoafetiva?)
O traficante “Peixe” vivia tranquilamente em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca enquanto seus “funcionários” faziam o trabalho sujo do tráfico na Vila Aliança. Não só o “trabalho” como acomodações sujas onde se refugiavam após defender o negócio do “patrão”.


Surge na investigação indícios que o apartamento de luxo pertence à empresária de um funkeiro famoso, mas não informaram nomes. Vamos puxando essa corda e ver em quem vai dar.

A comunidade também deve ter se surpreendido, pois diversas vezes se manifestou fechando ruas, queimando ônibus e depredando o bem público em cada meliante do bando que era atingido pelo revida da polícia.

                                        Ônibus foi queimado na entrada da favela da Vila Aliança, na Zona Oeste


Deu tudo na mesma defendem um governo ladrão em troca de esmolas, assim como defendem traficante que vive no luxo em troca do “empreguinho” dos filhos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário