quinta-feira, 3 de setembro de 2015

General põe em dúvida se os “três PODERES estão mesmo CONSOLIDADOS”


General põe em dúvida se os “três PODERES estão mesmo CONSOLIDADOS”
O General Rômulo Bini fez essa semana duras criticas às instituições ditas como consolidadas. O próprio uso do termo “CONSOLIDADAS” pode ser interpretado como uma alusão à recentes declarações de outros militares de alta patente, como o General Heleno, que disse que nossa democracia está consolidada.
Bini disse também que Dilma fez justiça as próprias declarações, já que a mesma declarou que “faria o diabo para ser reeleita”..
O general diz também que as Forças Armadas interviriam caso as ameaças dos defensores de Dilma fossem postas em prática.
“De modo inusitado todos eles, sem exceção, utilizaram em suas falas expressões militares, como “vamos à guerra”, “cerrar fileiras contra o inimigo” e a mais recente: “ir para a rua entrincheirados de arma na mão…  Espera-se que as expressões citadas se limitem às suas organizações e não se concretizem, como as declarações da presidente Dilma. O “fazer o diabo” não poderá efetivar-se nessa área. Seria, sem dúvida, o início de novos embates, pois haveria oposição.  Diante de qualquer desafio à ordem constitucional, as Forças Armadas interviriam, respaldadas nos artigos do Título V da Constituição que tratam da Defesa do Estado e das Instituições Democráticas, das quais são as legítimas fiadoras.”
Bini diz também que as preocupações aumentam na medida em que:
 “Grande parte do Poder Executivo não pensa mais no País, e sim em como evitar um possível processo de impeachment”

“O Poder Legislativo segue os passos do Executivo com o pior índice de credibilidade junto à população, em face do baixo conceito de grande parte dos integrantes do Congresso Nacional.”

O General elogia o judiciário. Mas, faz uma ressalva em relação às instancias superiores. (STF)

“O Poder Judiciário apresenta uma luz nesta escuridão em que vivemos. O juiz Sergio Moro e as equipes de procuradores da República e da Polícia Federal que conduzem na primeira instância federal o processo da Operação Lava Jato são exemplos dignificantes para os brasileiros. “
“Nas instâncias superiores, entretanto e infelizmente, não se pode afirmar o mesmo. Acrescendo-se às indicações partidárias e ideológicas observadas em nossos tribunais, ferindo o artigo 101 da Constituição, a inoportuna proposta de aumento salarial aprovada pelo Supremo Tribunal Federal demonstra total indiferença pela crise econômica nacional.”

“Estas exposições a respeito dos três Poderes são ilações de brasileiros que acompanham a mais grave crise que Nação já enfrentou e sabem que a consolidação desses Poderes é fundamental para um regime democrático.’
O General termina seu texto dizendo que a sociedade se cansou de novas empulhações, e que já surgem questionamentos sobre a consolidação dos PODERES.
“para quem e para que esses três Poderes estão consolidados? “ 
*Rômulo Bini Pereira é general de Exército R/1, foi Chefe do Estado-Maior do Ministério da Defesa

Revista Sociedade Militar – Recebido de Cel P. R.Paiva

Um comentário:

  1. Os três poderes estão consolidados somente para ajudar o governo.(Executivo), em troca de negócios e benefícios. Ninguém quer saber do Brasil como pátria e como nação. Só interesses próprios.

    ResponderExcluir