terça-feira, 22 de setembro de 2015

Tentou escrever uma linda historinha que virou filme de terror

O cartão postal do Rio de Janeiro no exterior é este.

Dê um "bom dia a eles", quando encontrá-los na rua!
O juiz que deferiu o pedido e a defensora que o fez, amiguinhos da "menozada"!


O que foi visto é apenas o começo do caos que vai se instaurar nessa nossa cidade.
Notem o tamanho do problema: o juiz algema a Polícia, a defensora fala em indenizar o ladrão, o político grita apartheid social, o jornalista denúncia que gangs de malvados pitboys agridem os excluídos! E nós na rua cercados de marginais armados prontos para enfiar uma adaga nos nossos corações por um par de tênis usados! Façamos uma mea culpa: isso é culpa nossa ! Culpa da nossa cultura. O carioca amante da malandragem, do repúdio total à POLÍCIA e qualquer poder instituído, da simpatia pelas políticas hipócritas de esquerda que vitimizam o vagabundo e transformam você vítima em algoz! Sim porque quem estiver se defendendo deles vai ser preso em flagrante! Senhores vai piorar muito ainda, continuem na passeata da maconha, tocando apito no posto 9, votando no Freixo! Peçam por educação e treinem seus discursos politicamente corretos, porque as crianças da candelária estão ali no jacaré e manguinhos e por enquanto só em dias de sol eles virão direto nos saquear, e você desarmado se der uma paulada num deles, vai preso! Continue filmando à Polícia agindo, fale bastante besteira nas redes sociais, produza bastante prova contra si próprio e lembre-se que não tem lugar pra todos os cariocas em Miami!
Eneas Abreu


APARTHEID CARIOCA

Uma situação absurda aconteceu neste último fim de semana no Rio de Janeiro. Com dias ensolarados, muitas pessoas foram à praia - um espaço público, em que todas as pessoas, de todos os territórios, deveriam ter o mesmo direito de acesso. Mas não foi isso que aconteceu. A Polícia Militar do Rio de Janeiro, a mando do Estado, montou uma operação para evitar os arrastões na praia. Para isso, proibiu que mais cem jovens pudessem ir à praia. Com qual devida suspeita estas pessoas foram recolhidas? Baseados em que informações e denúncias? Apenas porque eram jovens, moradores do subúrbio e negros. 

A Polícia e a Secretaria de Segurança Pública têm um setor de inteligência. Por que não a utilizam para identificar quem faz arrastão? É evidente que ninguém quer e concorda com arrastão, mas não podemos condenar toda uma população pobre, negra e que vem do subúrbio para as praias porque eles podem vir a cometer um crime.
Marcelo Freixo

O barraqueiro Jesiel Cruz segura objetos que, segundo ele, grupos de assaltantes usaram para agredir ou ameaçar suas vítimas, durante um arrastão no Arpoador 

                               Casal é roubado na praia do Arpoador

O que temos visto aqui é covardia, roubo e agressão. Neste fim de semana , várias pessoas foram assaltadas. Vi gente ensanguentada e outras sentindo dor, provavelmente atingidas por estes pedaços de pau.

São todos uns anjos que são vítimas da sociedade. Se te roubarem, compre outro, afinal, o Brasil não está em crise e todos têm dinheiro pra repor.''

SEUS HIPÓCRITAS!!!

Vitima da sociedade é o cacete , para mim são criminosos que acham que podem tudo que eles só tem direitos e não deveres como qualquer cidadão e o pior tem políticos, militantes, partidos, defensores públicos , juízes e ONGs ,que acham que estes marginais só tem que ter direitos e não deveres .
Vou dar um recado aos senhores a população honesta e trabalhadora do bem não estão mais aguentando ser ovelhas ....

Olhem os protegidos da Maria do Rosário aí...
A QUE PONTO CHEGAMOS... ONDE AFRONTAM E AINDA CHAMAM PRA PORRADA UM REPRESENTANTE DA LEI
Para aqueles que acham os nossos policiais são "truculentos", se coloquem no lugar deles por apenas um minuto e pense qual seria sua reação... Eles são seres humanos e não maquinas, como alguns pensam!

Minha recomendação à tropa valorosa da PMERJ, vamos cumprir a lei na risca e deixar a justiça passar vergonha por essa ingerência no que NÃO É DA CONTA DELES!!! E o secretário que NUNCA apóia a tropa em caso de mortes de policiais, e agora fica "machão" mandando descumprir ordem pq afetou seus vizinhos? Na boa...vamos lembrar do mantra...Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se Foda-se 
Elitusalem

Beltrame defende a PM e diz que cerco a ônibus em acessos à Zona Sul será retomado
Para Beltrame, o Executivo e o Judiciário não podem ignorar a vulnerabilidade de crianças e adolescentes que viajam “quilômetros até as praias sem dinheiro para se locomover, comer ou mesmo beber água, sem documentos e sem a companhia de responsáveis”. O secretário fez críticas a órgãos que, segundo ele, deveriam estar engajados na prevenção do crime, afirmando que outras esferas do poder público não atenderam aos seus “chamamentos”. Beltrame destacou que a responsabilidade de encontrar uma saída para a questão não pode ser deixada apenas nas mãos da PM.



Resumindo: Ou mandam todos eles "TOMATECRÚ" ou vamos todos "TOMATECRÚ"

Os discursos são bem compreensiveis. De um lado um político esquerdista e FDP e defensores públicos almejando um carguinho que, com apoio de associações de moradores incentivam o caos almejando uma eleição vindoura.

Do outro lado a polícia ameaçada, bloqueada e amarrada em suas ações e sendo instrumento de desmoralização. O mesmo ECA que é usado para garantir o direito desses "sementes do mal" pode e deve ser usado para cobrar responsabilidades dos pais, que ficam em casa esperando o resultado das ações de seus filhos nos passeios de arrastões pelas ruas e praias do Rio de Janeiro.


Violencia com violencia? Não! É direito de defesa! É porrada nos "sementinhas do mal" que com facas e estiletes não medem consequencia em tirar a vida de quem quer que seja.

Na visão da putada esquerdista o que aconteceu foi isto:


Mas não acreditamos. Ou você quer continuar acreditando nisso?

Nenhum comentário:

Postar um comentário