terça-feira, 6 de outubro de 2015

Os Bombeiros Militares e suas vitórias.

GUARDA-VIDAS DO RIO DE JANEIRO. OS FRUTOS DESTA PRIMEIRA VITÓRIA SÃO SEUS.

Os Guarda-vidas receberam da Orla Rio, nesta semana que se passou, os dois postos (P06 Barra, P12 Leblon) que serão os modelos para a reforma anunciada aos outros 24.

Ficamos muito felizes com esta primeira vitória, pois ela representa a capacidade de organização dos guarda-vidas, reivindicando e buscando soluções; através também dos instrumentos que junto com os demais bombeiros da corporação conquistaram, para representá-los nas suas necessidades.

Por tudo isso entendemos que o maior responsável por está conquista foi a união dos guarda-vidas, nem mesmo o comando, nem mandatos ou qualquer outro grupo representativo tiveram maior expressão que esses guerreiros. 
Continuem perseverando, pois ainda faltam 24 unidades para serem reformadas.







Para que você possa entender melhor, leia o breve resumo de um trecho desta trajetória de luta dos guarda-vidas, que se arrasta há alguns anos, seu processo e articulação que utilizaram.

1º PASSO - IDENTIFICAÇÃO DO PROBLEMA:
                        Condições dos postos de Salvamento





 SITUAÇÃO DO GUARDA VIDAS NO INVERNO DE 2014. - POSTO 11 RECREIO


Ratificamos que os diversos comandos que passaram nunca conseguiam resolver estes problemas, só protelaram, sem resultados objetivos. Logo, não podíamos mais ficar desse jeito.

2º PASSO - EXPOSIÇÃO NA MÍDIA:

Denuncia no SBT Rio 

Denuncia no Jornal da Record


O objetivo não é. Nunca foi, e nem será denegrir nossa amada corporação, mas sim ecoar o grito de socorro que não é ouvido, ou compreendido, por alguns comandantes.

3º PASSO - ARTICULAÇÃO POLÍTICA:

O representante eleito pelos bombeiros, defendendo os interesses dos seus representados, fiscalizando, cobrando das autoridades competentes o que é dever do prestador de serviço realizar. 


Resistiram a exposição feita através dos discursos. Outras medidas foram tomadas:
                   Requerimento solicitando comissão de inquérito para investigar contratos da Orla Rio

Resultado prático do somatório de todo movimento realizado, sem vaidades ou querendo ser o pai do feito: Abertura de diálogo com o comando e com a tropa:
                             Comando CBA XI em reunião com representantes da prefeitura e Orla Rio

Diálogo com a tropa:
Encontro com o Presidente em exercício da Orla Rio -  João Marcelo, (ponta esquerda).
Na ponta direita, coordenador de manutenção dos postos - Rodrigo. Ao centro o vereador Marcio Garcia e militares da tropa.
PS: Infelizmente ainda pela falta de preparo de alguns comandantes, preferimos não expor a identidade dos companheiros, que corajosamente se fizeram presente e contribuíram de maneira especial com a pauta da reunião.

RESULTADOS PRÁTICOS 
 Assumido os seguintes compromissos:

1 - Participação da tropa no processo de reforma de todos os postos de salvamento da cidade do Rio de janeiro e fiscalização. Estabeleceu-se um canal de diálogo direto com a Orla Rio através do coordenador das Obras, o Sr. Rodrigo, pelos seguintes contatos:

E-mails:  manutencao@orlario.com.br 
               rodrigo@orlario.com.br

(Todos os Gv's estão autorizados a enviar e-mail para o coordenador de manutenção imagens e vídeos das más condições dos postos, ajudando-os na fiscalização e acompanhamento das obras. Interessante enviar com cópia para o sosbombeirosrj2@gmail.com para termos os registros) 

2 - Definiu-se que farão uma reforma funcional no posto 12 do Leblon e 6 da Barra da Tijuca como projetos pilotos. Sendo a previsão para início quarta-feira que vem no posto 12 Leblon, posteriormente posto 6 na Barra.

3 - Participação do Sgt Bombeiro Guarda-vidas Athayde na elaboração do Layout interno dos postos. (O mesmo é arquiteto)

4 - Individualização da energia, da água e da entrada. (Só dependendo de um ofício do comando solicitando a LIGHT e CEDAE a instalação individual). A Orla Rio não se opõe. 

5 - Construção de uma saída rápida, pela frente da torre, para a realização do salvamento

6 - Contra partida dos Bombeiros Guarda-vidas: Zelar, preservar, manter, cuidar e informar a Orla Rio qualquer defeito que o posto apresentar.    

SOS BOMBEIROS: De maneira sintética nossa intenção foi mostrar ao leitor que JUNTOS SOMOS FORTES, cada um com sua participação e contribuição na conquista de mais um degrau na escada da dignidade que subimos a cada ano. Porém com lutas, empenho, dedicação, saindo da zona de conforto e muito trabalho.


Na contrapartida segue a PMERJ, que só atendeu ao chamado dos Bombeiros Militares com esta motivação:


Continuam pelo tempo sendo tratados como escravos da sociedade tendo seus comandantes como "feitores".


Por ocasião do PAN/2007, onde trabalhei recebendo viaturas da SENASP para o evento, a PMERJ foi contemplada com dois ônibus refeitorio completos. Onde estão estes veículos tão úteis nesta situação?


Nenhum comentário:

Postar um comentário