terça-feira, 24 de novembro de 2015

Falsos lideres ajudaram a “vermelhar”


Nossa! Às vésperas do evento 15 de novembro em Brasília as “lideranças” infestaram as redes sociais com vídeos e postagens escritas. Uns disseram que o exercito estaria com eles, oferecendo a segurança necessária, outros se dizendo capacitados por anos de Exercito, com participação ativa na inteligência militar tinham tudo planejado, dispositivo montado e capacidade de reconhecimento. PQP! Até um esquerdista de destaque na CUT esteve entre eles sem ao menos ser detectado.

O presidente da CUT constantemente proferia ameaças, inclusive ataque armado, um deputados ameaçou com sua militância para agredir e expulsar os manifestantes, os presidentes da Câmara e do Senado usaram o aparato oficial para concretizar a liberação do espaço ocupado.

Vejam o jovem e influente esquerdista da CUT no vídeo abaixo, estavam literalmente "dormindo" com o inimigo.


Neste vídeo fica muito claro o convencimento dos presidentes do Senado e Câmara pela expulsão dos manifestantes, bem como o uso de militantes com intenção única de intimidação e incentivar agressões.

Depois, a "área" (Congresso), ficou liberada para a esquerda fazer o que mais gostam, invadir, pichar e destruir. Lógico, com sua devida "cota" de pão com mortadela e um "din din" pra maconha, pois gente sã e normal não apoia estes bandidos no Poder.



Um dia após a retirada de manifestantes que acamparam no gramado em frente ao Congresso Nacional por meses, a sede do poder Legislativo foi palco de novas manifestações na tarde deste domingo (22). Cerca de 120 jovens, integrantes da Juventude do PT, subiram a rampa do Congresso agitando bandeiras do partido e da UNE (União Nacional dos Estudantes) e gritando palavras de apoio ao governo Dilma Rousseff. O número de manifestantes foi estimado pela Polícia Militar do Distrito Federal, que os retirou do local.

Manifestantes do PT sobem no Congresso e picham Ministério da Fazenda contra Cunha e Levy
Polícia pediu para ter acesso às imagens de segurança do prédio e ainda não identificou responsáveis. Cerca de 100 pessoas que integram a Juventude do PT subiram no teto do edifício.















Nenhum comentário:

Postar um comentário