quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Manifestação na Praça General Tibúrcio (ECEME)


Novamente estávamos presentes lá, em frente à ECEME. Embora tenhamos avisado e numa reunião, convidados por outro grupo que se comprometeu na união em ações, não apareceram. Só a qualidade esteve presente, a quantidade não.

O não comparecimento da “quantidade” até nos agradou, pois, não gostaríamos de estar envolvido com verbas de partidos, o que acaba aparecendo.

Militares, de dentro da ECEME fotografaram e filmaram o evento, o que por certo vai aumentar o "burburinho" nas unidades.


O "marechal" MST Stedile disse as verdades que precisavam ouvir.


Nosso cenário foi montado e, de cara para a ECEME esta imagem, da qual eles não gostaram nada, se incomodaram, mas tiveram de engolir em seco.
Perante militares e presentes as verdades foram ditas, que representamos a Nação e Intervenção não é favor, é obrigação.


O tapa na cara foi dado, vejamos a reação.

Os "gringos" (turistas)gostaram muito do que viram, não se intimidaram em se fotografar junto a nós.


A bandeira vermelha foi devidamente queimada como demonstração de nosso repúdio a esta ideologia assassina.


Os esquerdista, antes tão agressivos, limitaram-se a assistir de longe fazendo suas imagens do evento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário