quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Somos motociclistas, não tentem nos entender

UM BANDO DE GRANDES E DIFERENTES CRIANÇAS, FELIZES EM SEREM MOTOCICLISTAS!

Uma parada no bar, as motos lá estavam e, claro, os motociclistas também. Foi assim que conheci os Discriminados Moto Clube. As apresentações, os apertos de mãos, o olhar para as motos e uma amizade estava selada.


Pouco tempo depois recebo o convite para o encontro deles, regado a cerveja e muito Rock and Roll, sensacional. O Presidente do Clube, Edney, lá estava a nos recepcionar. Ele e tantos outros participantes deste adorável Clube. Entre motos, churrasco (0800) e cerveja o papo foi rolando, mas tive de ir embora.


Fui embora, mas sabendo que o retorno é certo, pois amizade se sela com o selo forjado pelo calor da descarga fumegante. 


Acredite, não há melhor jeito de se viver o pouco tempo que nos é dado!

Se você não entendeu nada até agora, não se preocupe, você jamais entenderá!


Somos motociclistas, não tentem nos entender, nos ame ou nos odeie, não importa, seremos sempre assim, uns loucos outros corretos, caseiros e sem tetos, famílias e puteiros, som alto e som ainda mais alto. Não nos imponham regras, não delimitem nossos espaços, não somos pássaros, mas queremos, e vamos voar sempre.

video

Motor em ponto morto, a chave gira e as luzes se apagam, o pezinho sustenta agora aquilo que nos levou por tantos quilômetros. Por um breve momento o capacete é deixado de lado, apenas por um breve momento…


Nenhum comentário:

Postar um comentário