quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Caos automotivo

Caos automotivo: maior queda desde 87 e fechamento de 1.300 concessionárias.


Fenabrave projeta que mais de 600 concessionárias fechem as portas em 2016, no ano passado esse número chegou próximo a 700.
SÃO PAULO - O mercado brasileiro de veículos novos confirmou as expectativas do setor e terminou 2015 com a maior queda nas vendas desde 1987. Foram 2,569 milhões de unidades vendidas no ano passado, recuo de 26,5% em relação ao volume de 2014 (3,497 milhões), informou nesta quarta-feira, 6, a Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Com isso, o volume de vendas atingiu o menor nível desde 2008, ano marcado pela crise na economia norte-americana.
Essa queda nas vendas casou o fechamento de quase 700 concessionárias em 2015, aproximadamente 50 mil empregos, de acordo com dados da própria Fenabrave. Para este ano, a projeção e de que sejam fechados 600 concessionárias, divulgou a Bloomberg nesta quarta-feira. 
Por segmento, os emplacamentos de automóveis e comerciais leves somaram 2,476 milhões de unidades no ano passado, baixa de 25,5% sobre 2014. Entre caminhões, a queda foi de 47,6%, para 71,7 mil unidades. No caso dos ônibus, houve tombo de 36,5%. As baixas nas vendas ocorrem em um cenário de aumento do desemprego, restrição ao crédito e queda na confiança do consumidor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário