segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Denuncia junto a ONU. queremos INTERVENÇÃO!

Primeiramente; quero parabenizar os patriotas, que estão na luta por intervenção!
Nossa luta é ferrenha e justa, só falta discernimento, união e foco; pois com Deus NA LUTA POR JUSTIÇA, a vitória é certa!

Estamos vendo internautas, fazendo propaganda política fora de época para os políticos que são os nossos algozes,
Estamos vendo milhões denegrindo a imagem dos militares; fazendo exigências e cobranças,
Estamos vendo milhões em campos de futebol
Estamos vendo milhões em desfiles de paradas gay.
Estamos vendo milhões em desfiles carnavalescos.
Estamos vendo milhões em passeatas para liberação de drogas.
Estarmos vendo milhões interessados em novela e big broder.

Mas na frente dos quartéis só vemos gatos pingados!

Todos reclamando decepcionados com a desunião e comodismo de seus irmãos brasileiros, que estão vivendo de ilusão e sendo escravizados. 
Todos deveriam saber que; se os militares intervierem, sem comprovar que a maior parte da população deseja a intervenção, serão taxados de ditadores e usurpadores; e neste caso a ONU poderá intervir!
E este é mais um risco que os militares estão evitando, pois muitos países estão de olho nas riquezas do Brasil!
Quem não esta notando a invasão de pseudos turistas de países comunistas no Brasil?
Que turistas são estes, se o PT é quem banca suas estadias?
Se comunismo é bom, por qual motivo os comunistas abandonam seus países de origem, e vem buscar melhorias de vida aqui?
Eu gostaria de ver estes comunas tentando implantar comunismo nos EUA; acha que os mais cultos são frouxos, desunidos, acomodados e incultos iguais aos brasileiros?
Os insanos só deitam e rolam, onde os tolerantes e acomodados, na verdade, são pacíficos, para não dizer, covardes além da conta!

Quem sabe quando esta população desunida e acomodada sentir na pele o peso do comunismo, e estiver se afogando, resolva espernear, aprender nadar e implorar por intervenção.
Por João Cirino Gomes
AVISADO FOI

Nenhum comentário:

Postar um comentário