terça-feira, 26 de janeiro de 2016

O Colégio Militar do Rio de Janeiro recebe seus novos alunos


O CMRJ se situa à Rua São Francisco Xavier, nº 227, no bairro carioca da Tijuca. Foi construído em propriedade que pertenceu à Baronesa de Itacurussá, e que já ocupava a esquina entre as ruas São Francisco Xavier e Barão de Mesquita, nos idos de 1889 (ano de sua fundação). Daquela época, cito a primeira recordação que materializa o passado no terreno: o portão original do Colégio.


É sempre bom, diante de tantas mazelas docente e discente, postar o que de bom com qualidade existe, e a qualidade são os Colégios Militares.
Disciplina, comprometimento e ensino de qualidade são combustíveis para o sucesso no futuro.
Hoje, o Colégio Militar do Rio de Janeiro recepcionou seus novos alunos de 2016, jovens que lograram êxito, com sua dedicação nos estudos, de serem aprovados em tão distinta instituição de ensino.
Já num primeiro momento se vê o quanto a disciplina será rígida, eles já no primeiro dia já são submetidos ao regime que trilhará seus caminhos, a DISCIPLINA, o RESPEITO e a DEDICAÇÃO.

Zum Zaravalho!!!

Zum, zaravalho opum, Zarapim Zoqué, Oqué-qué, Oqué-qué, Zum! Pinguelim, pinguelim, pinguelim zunga, zunga, zunga. Cate marimbau, cate marimbau, Eixau, Eixau. COLÉGIO!...

Esta é a saudação escolar que os grupamentos em formação nos Colégios Militares fazem nas cerimônias cívicas e oficiais. O texto, na língua Tupi, é um grito de guerra.


É um brado de origem indígena. É uma saudação que exalta a força, a união e que homenageia os mestres. De acordo com os místicos pode ser um feitiço que levanta a moral, eliminando os efeitos do medo e do cansaço.


O portão da direita, o qual, tradicionalmente, tem função de destaque apenas na formatura de saída dos alunos recém-formados (concludentes do Ensino Médio).

O da esquerda, é utilizado para os novos alunos admitidos no CMRJ.

É notável que os alunos tiveram pouco tempo para assimilar todos os detalhes exigidos na prática da Ordem Unida, o que – para os olhares experientes dos militares – realçou a impressão geral de que ainda estavam imitando uma prática que não lhes foi incorporada.


Hino Colégio Militar
Ás margens do Capibaribe
Surgiu o Colégio Militar
Orgulho da cidade maurícia
Vossos filhos
vão despertar
Vigilantes de um povo unido
Ó jovens, altivos marchemos
Colégio Militar avante
O futuro da Pátria, seremos

Içá, Içá ó juventude
Da pátria
Nossa bandeira
Içá com toda plenitude
Pendão da Pátria brasileira
Forças armadas nos esperam
Mar, terra e ar em união
Colégio Militar altaneiro
És a esperança da nação

Sim, esperança da Nação, e com estas palavras foram recebidos pelo Comandante do Colégio Militar do Rio de Janeiro, já antevendo como certa a vitória destes meninos e meninas sobre as distorções que são ensinadas do lado de fora, nas escolas sob doutrina ideológica.

O comandante parabenizou os novos e falou que diante das crises moral principalmente, eles são o futuro desta nação.
O Brasil precisa de vocês! Brasil acima de tudo, abaixo de Deus. SELVA. Lealdade, companheirismo, dedicação e união. Recepção dos novos alunos do CMRJ. Zumzaravallho!!!

É preciso um despertar Patriótico!

Parabéns às Mães e Pais, núcleo de família na concepção de sociedade. Graças a eles essas crianças alcançaram esta vitória que lhes será útil por toda sua vida, bastando perseverar nos estudos e trilhar pelos caminhos de uma vida disciplinada no sentido do sucesso.





Nenhum comentário:

Postar um comentário