quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Aos invés de protestar em prol da Educação, jovens protestam contra proibição de usar 'shortinho'


A educação é que mais sofreu cortes nos últimos anos, desde a educação básica, a graduação e pós-graduação, mas, parece que os estudantes, em sua maioria, alienados e comunistas preferem "lutar" por coisas absurdas e fúteis.

Vejam só:
Um grupo de alunas com idades entre 13 e 17 anos deu início a um movimento que contesta as regras de vestuário do Colégio Anchieta, um dos mais antigos de Porto Alegre. O abaixo-assinado nomeado “Vai ter shortinho, sim” é destinado a coordenadores e diretores, e foi lido por uma das autoras durante um ato que reuniu dezenas no intervalo do turno da manhã, nesta quarta-feira (24). (G1) (Com Foto: Julia Townsend/Arquivo pessoal)

Fica a pergunta: onde estão os pais dessa moçada, que não botam ordem na coisa? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário