sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

VAMPIROS BOLIVARIANOS SEDENTOS e FAMINTOS

VAMPIROS BOLIVARIANOS SEDENTOS e FAMINTOS, mesmo com a profunda crise no Brasil, querem mais DINHEIRO de nosso POVO
.
Antes, sugiro, cliquem sobre a foto e vejam o "biquinho carinhoso" que DILMA faz ao cumprimentar EVO MORALES, como se ele fosse uma criança!


.
Fora a visita, ontem, de EVO MORALES, na semana passada aqui esteve a Chanceler da Venezuela, correndo atrás de dinheiro, 'com a conversa' de queria atrair os empresários brasileiros (já em uma fase mais do que crítica, diante da queda de quase 10% na produção industrial), para investir na Venezuela. Pois é, apesar disso, e de DILMA já ter escapado do assédio de MADURO, em Quito, na Reunião da CELAC, a chanceler veio ao Brasil em uma hora mais do que crítica, não só para os empresários, como para o governo DILMA.
.
Ora, é óbvio que não se tratava apenas de 'atrair empresários', pois diante das sutilezas da política Bolivariana, onde MADURO, se preciso for, não se acanharia, depois, em "nacionalizar e estatizar" essas eventuais empresas que lá se instalariam. 
.
Ademais, com a atual e gravíssima crise econômica na Venezuela - potencializada pela queda do preço do petróleo - que não se pode avaliar quando e como terminará, não haveria empresário que se aventurasse a tal empreitada que, necessariamente, implicaria no aporte de Bilhões de dólares.
.
Portanto, outros formas de 'pegar dinheiro, os venezuelanos, aqui, vieram atrás. E, com certeza, já mal acostumados pela moleza do do empréstimo/doação do BNDES para obras, por, exemplo, como o Metrô de Caracas - algo sem a mínima prioridade, que não fosse a geração de propinas, pois lá o povo já passava fome - eles querem mesmo, mais dinheiro do povo brasileiro. 
. 
E agora vem EVO MORALES, também na pior hora para DILMA e o governo, falar "em investimentos na Bolívia", de forma a torná-la um novo 'Coração Energético' na América do Sul. Não, EVO não veio aqui só para dar "a notícia de sua pretensão"; ele veio, mesmo, atrás de dinheiro do BNDES, ou melhor, O DO POVO BRASILEIRO.
.
E esta 'cara de pau' de ambos, se encaixa perfeitamente neste vídeo de HUGO CHÁVEZ (ver em www.aquinao.org
), que já na 'Era LULA', entendia que a Venezuela fazia parte de "DESSA PÁTRIA GRANDE", da qual o Brasil participava "como HERMANO mais rico.Ou seja, o sonho dele era 'REPARTIR AS RIQUEZAS DO BRASIL COM A VENEZUELA e OUTROS PAÍSES "HERMANOS", da América Latina, para formar "ESSA PÁTRIA GRANDE" (sem fronteiras, no 'liberou geral'). 
.
Hugo Chávez só esqueceu de uma coisa: nós "falamos português e não espanhol".Esperto ele, não?

Pietro Mascagni

Nenhum comentário:

Postar um comentário