segunda-feira, 14 de março de 2016

A mortadela encalhou

Com milhões de brasileiros nas ruas pelo Brasil, comunistas mortadeleiros simplesmente sumiram


Alguns falam em 3,5 milhões. Outros em 5 milhões. A velha mídia e os 'ibope da vida', falam em 450 mil pessoas só na Paulista em SP, fora no restante do país.
A verdade é que este foi o maior protesto da história do Brasil.
Além do povo brasileiro de verde e amarelo que sempre lota os protestos, também teve ex-petistas e muitos que votaram e pediram votos pra Dilma que abandonaram o lado vermelho e que agora querem a saída de Dilma e a prisão de Lula, desempregados e desiludidos que estão.
E falando em vermelhos, diante dos milhões de brasileiros  nas ruas, apoiando o Juiz Moro e Lava Jato, exigindo a saída de Dilma e a prisão de Lula e de todos os politicopatas envolvidos em mutretas, independente de partidos, os comunistas e petistas mortadeleiros simplesmente desapareceram.
Alguns poucos deram as caras por um pão com mortadela em uma ou outra cidade por aí. Até nas redes sociais eles não deram as caras, exceto os Requião, Gleisi Petrolão, Sibá e demais petistas e comunistas da vida, que sempre arrotam algo nos seus perfis na internet.
Resumindo: esse foi o maior protesto e, certamente, influenciará de alguma forma no andamento das coisas daqui para frente. Contudo, um protesto assim, deveria acontecer também dia de semana. Aí sim todos veriam os corruptopatas fugirem para Cuba que os pariu.
Enfim, o povo mostrou quem é que manda.
Aos comunas: o choro é livre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário