quinta-feira, 10 de março de 2016

Filiados a CUT querem engrossar manifestação junto com a Direita dia 13

Já vimos varias ameaças de agressões, morte, fuzilamento, enfrentamento nas ruas, mas até o momento nada de concreto aconteceu. Eles sabem que algo está em andamento, tanto que publicaram vários impropérios em suas mídias levando os PTistas incautos a acreditar num golpe em andamento, uma conspiração contra Lula e o PT, tentando inflamar os ânimos dos idiotas úteis. 
Até conseguiram que uma meia dúzia de pão com mortadela tentasse, mas o máximo que conseguiram foi ofender uma senhora, Mãe do juiz Sergio Moro, que recebia homenagem pelo Dia das Mulheres.

O MST se restringe a destruir patrimônio alheio e tão logo encontre resistência à altura, põe o rabo entre as pernas.

Já a CUT, pelo menos, na vontade de seus componentes trabalhadores, já jogam a toalha. Não acreditam mais no PT e se voltam a engrossar, junto com a direita, a manifestação dia 13 de março.

CUT ameaça abandonar Dilma e se unir aos protestos contra o governo


Uma reunião entre dirigente da CUT e representantes da Comissão de Fábrica de uma grande montadora do ABC paulista. Explicando-se aos seus pares, o dirigente fala como o PT abandonou a classe trabalhadora CUT ameaça abandonar o pt e se juntar ao povo contra o governo!! OUÇAM O ÁUDIO DE UM DIRIGENTE COM O CHEFE DE UMA MONTADORA !!! teve acesso ao áudio de uma reunião entre dirigente da CUT e representantes da Comissão de Fábrica de uma grande montadora do ABC paulista. Explicando-se aos seus pares, o dirigente fala como o PT abandonou a classe trabalhadora, é o responsável pela crise na área, está envolvido em muita sujeira e tornou impossível defendê-lo diante dos trabalhadores. Mais ainda, diz que a CUT pode engrossar manifestações contra o governo.


"Não tem outro jeito senão a gente engrossar engrossar...... E nós vamos ter que engrossar manifestação contra a postura do governo....."

noticiageral

Esses grupos sabem que são monitorados e, uma ação como planejavam, seria a bancarrota imediata deste governo. Isso até a presidente vislumbrou, pois, as redes sociais também são monitoradas para saberem as reações diante de suas ações.

GOVERNO PEDE À CUT QUE ADIE OU CANCELE MANIFESTAÇÃO DO DIA 13.


Nesta terça-feira, em São Paulo, a presidente foi informada ao chegar ao local da cerimônia que teria de mudar o local a ser percorrido por causa de uns manifestantes que teriam aparecido de "ultima hora, embora o local fosse considerado "blindado". No entanto, durante o percurso alternativo, uma das expositoras chamou a presidente Dilma e a conduziu ao seu stand, justamente onde havia manifestantes reunidos. "Errou a segurança e errou a Secretaria Geral", disse um interlocutor da presidente, ao relatar o ocorrido e a insatisfação da presidente com o caso. Este interlocutor reconhece, no entanto, que há dificuldade de se detectar este novo movimento contrario porque, até então, os chamados eram para selfies e hoje são para vaias e protestos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário