segunda-feira, 28 de março de 2016

Mal o defunto PT esfria, outro entra em cena.

Por muitos anos o PT bancou a militância UNE, e não foi pouco dinheiro não, os vagabundos gastavam até com bebidas importadas.

O PT esvai-se na merda que ele mesmo criou, estando em fase terminal. Mas outros abutres não esperam o defunto esfriar, querem entrar na jogada que rendeu tanto a UNE, agora sob outra sigla, PSTU.

Tudo bem estarem contra Pezão, Dilma e outros que nada fizeram para salvar a educação neste País, mas botar Bolsonaro no "bolo"! Para o olhar de qualquer pessoa mais esclarecida, identifica a verdadeira "face" deles. Bolsonaro sempre denunciou a falácia no ensino público, inclusive as famigeradas "cartilhas gay" que queriam enfiar "goela" abaixo em nossas crianças e adolescentes.



Na Escola Gomes Freire de Andrade, na Penha, Rio de Janeiro, uma militância autorizada não sei por quem, não impede que alunos saiam da escola, mas os que querem sair, são menosprezados pelos participantes. Tudo para obriga-los a ouvir seu discurso esquerdista. 
Na palestra no interior da escola, o relato de um membro da ANEL ataca a PMERJ que não está lá para se defender. Alega ter sido agredido na área do 17º BPM por um policial militar que lhe pôs um fuzil na cara.

Sempre o mesmo discurso, atacar que não está presente para se defender.

Na porta, uma mulher com camiseta inscrita ANEL, que é a Associação Nacional dos Estudantes Livres. Sua ideologia é da mesma espécie dos da UNE, só que sem grana. Mas parece que agora conseguiram um “patrocioniozinho” e estão alçando voo. 



Disponível no site da ANEL

Discutimos em nossos fóruns os desafios que o movimento estudantil terá que encarar diante de tanto descaso com a educação, corrupção e injustiça social. Sabemos que essas injustiças acontecem em todo canto do país e, por isso, acreditamos ser fundamental organizar os estudantes nacionalmente na luta por uma educação pública, gratuita e de qualidade. A ANEL quer ser um instrumento de luta nas mãos dos estudantes, para que através dela seja possível organizar as mobilizações estudantis nas escolas e universidades!
A ANEL surgiu da necessidade de reorganizar o movimento estudantil, já que a UNE e a UBES há muito tempo não tocam mais as lutas. A UNE, velha entidade hoje é totalmente atrelada ao governo federal, pois recebe milhões de reais do Estado todos os anos. Sem independência financeira e política, ela passou a defender todos os ataques do governo à educação e à juventude. Hoje, a UNE passou a ser um “ministério estudantil”, que não fala mais em nome dos estudantes, e só representa o velho movimento estudantil. A história de lutas da UNE ficou para trás e, agora, precisamos construir um novo futuro.
Aqui você também pode conhecer os princípios, o funcionamento da entidade e um pouquinho da nossa história. Desde já lhe fazemos um convite: seja um estudante livre da Assembleia Nacional! Seja ANEL de carteirinha!

E então, no portão da Escola, a indicação de que se apropriaram do que não lhes pertence, a mente de nossas crianças.



É muita cara de pau! O “Tudo por Dinheiro” continua.

A Escola está OCUPADA, estando eles abastecidos com alimentos, material de higiene e até absorventes íntimos. Será que também levaram "camisinhas"?



Nenhum comentário:

Postar um comentário