quarta-feira, 18 de maio de 2016

Lula se aproveita do precário estado de saúde mental da presidente Dilma

Dilma está sendo usada por Lula e não percebe


Por Carlos Newton

O ex-presidente Lula da Silva tornou-se um político inclemente, com coração de pedra, e demonstra que somente se importa com os próprios interesses. É revoltante o que está fazendo com a presidente Dilma Rousseff, conforme se constata em reportagem de Marina Dias e Valdo Cruz, publicada pela Folha de S. Paulo, único grande jornal ainda nitidamente governista. A importante matéria transmite a seguinte informação: "O ex-presidente Lula e dirigentes do PT estimulam que Dilma viaje pelo Brasil – e até a outros países – para denunciar o que chama de "golpe" e a "ilegitimidade" do governo de Michel Temer (PMDB)".

A reportagem contém um grave equívoco, porque tudo que os dirigentes do PT fazem é sempre em obediência a Lula. O texto correto seria este: "O ex-presidente Lula determinou que os dirigentes do PT o ajudem a incentivar que a presidente Dilma viaje pelo Brasil – e até a outros países – para denunciar o que chama de "golpe" e a "ilegitimidade" do governo de Michel Temer (PMDB)".

Quem manda é Lula, os petistas não têm vida própria, apenas cumprem as ordens dele.

UMA MULHER FRAGILIZADA


Como se sabe, Dilma Rousseff é hoje uma mulher fragilizada. Aparenta ter uma força descomunal, comporta-se como se ainda fosse a guerrilheira de outrora, mas a realidade é bem outra. Tornou-se uma pessoa em transe, que enfrenta o maior problema de sua vida, não sabe como resolvê-lo e está sendo abandonada por aqueles que se diziam seus amigos e colaboradores.

O fato concreto é que, desde que saiu candidata à Presidência em 2010 e passou a dar entrevistas e fazer discursos com frequência, já se percebia que Dilma tinha problemas e demonstrava dificuldade para concatenar raciocínios.

Levando na brincadeira, sem saber que se tratava de algo sério, os jornalistas inventaram o "dilmês", uma nova forma de comunicação. E já foi até publicado um livro a este respeito – "Dilmês: O Idioma da Mulher Sapiens", lançado pelo conhecido jornalista Celso Arnaldo Araújo, nosso companheiro no Conselho Deliberativo da ABI, a Associação Brasileira de Imprensa.

Poucas pessoas sabiam o que realmente estava acontecendo com a chefe do governo.


A VERDADE REVELADA


Somente se tomou conhecimento da gravidade do estado de saúde de Dilma Rousseff há apenas um mês, no dia 2 de abril, quando a IstoÉ publicou reportagem de Sérgio Pardellas e Débora Bergamasco. São dois jornalistas muito conceituados e revelaram que a presidente Dilma Rousseff está submetida a tratamento para esquizofrenia.

A impressionante matéria descreveu cenas de comportamento desequilibrado, com Dilma Rousseff quebrando móveis no Planalto e invadindo a cabine de comando do Airbus presidencial, fatos realmente preocupantes, a ponto de a FAB até pretender terceirizar a tripulação do Airbus.

Na semana passada, o site O Antagonista confirmou a informação da IstoÉ, comprovando que a presidente Dilma continua sob diagnóstico de esquizofrenia. E para se ter uma ideia da gravidade da situação, a equipe médica do Planalto prescreveu como sonífero a substância Midazolam, que os pacientes ingerem antes de se submeter a anestesia geral. É um medicamento muito forte e perigoso, causa dependência, tem muitas contraindicações, não pode ser ministrado indefinidamente, sobretudo a pessoas idosas, e Dilma já vai fazer 69 anos.

LULA NÃO SE IMPORTA


Lula sabe de tudo que está acontecendo, mas não se preocupa em agravar o estado de saúde dela. Pelo contrário, considera a companheira Dilma Rousseff apenas como uma peça importante no seu xadrez político. Move sua rainha para lá ou para cá, de acordo com a jogada.

Conforme a reportagem da Folha deixa claro, Lula agora está incentivando que Dilma monte um "bunker da resistência" no Palácio da Alvorada e saia viajando pelo Brasil e pelo mundo, a denunciar um falso golpe de estado que não existe e jamais existiu.

Sob efeito de fortíssimos medicamentos de tarja preta e iludida pela realidade virtual criada por Lula, pelos dirigentes do PT e pelos ministros do núcleo duro do Planalto, o precário estado de saúde de Dilma Rousseff só tende a se agravar, qualquer pessoa pode perceber isso.

Mas Lula está pouco ligando, ele somente se preocupa com seus interesses pessoais.

PS – O artigo publicado nesta terça-feira por Moacir Pimentel, aqui na Tribuna da Internet, mostra que no exterior ninguém acredita mais na história do "golpe" que Dilma tentará difundir, como garota-propaganda dos interesses pessoais de um político corrupto, que um dia representou os trabalhadores brasileiros, mas depois os traiu, ao se vender por aqueles 30 dinheiros registrados na Bíblia, que hoje são avaliados na casa dos milhões (de dólares, claro, porque a família Lula da Silva é gente fina e cobra muito caro por seus serviços).



Nenhum comentário:

Postar um comentário