domingo, 26 de junho de 2016

Dilma é mais uma vez desmascarada no Impeachment. Pedaladas beneficiaram multi-bilionários


Dilma cai do cavalo mais uma vez e é desmascarada em pleno Impeachment.
Ou seja, não tem mais volta. E se tivesse vergonha na cara, sumia do mapa enquanto é tempo.
Assim, relata O Antagonista com informações do Estadão:
Dilma Rousseff alegou que as pedaladas no BNDES bancaram empréstimos para pequenos e médios empresários.
Agora o BNDES mandou para a Comissão do Impeachment a lista de beneficiários desses empréstimos estatais.
A lista ridiculariza a mentira de Dilma Rousseff.
No documento reproduzido pela coluna do Estadão, aparecem algumas das maiores empresas do Brasil e do mundo.
A multinacional Vallourec, investigada na Lava Jato, foi a maior destinatária dos recursos das pedaladas, com mais de um bilhão de reais.
Em seguida, vem a Progress Rail, do grupo Caterpillar.
A Rumo e a ALL, que se tornaram uma empresa só, receberam 500 milhões de reais cada uma.
A lista prossegue com Vale, Sky, Cielo, Klabin, Ford.
As pedaladas serviram até mesmo para bancar a Petrobras, a principal estatal quebrada por Dilma Rousseff.
A Petrobras recebeu 400 milhões de reais diretamente do BNDES, e outros 350 milhões de reais por meio da Braskem, sua parceria com a Odebrecht.




folhacentrosul

Nenhum comentário:

Postar um comentário