quarta-feira, 1 de junho de 2016

Eles entram em nossas vidas, nela permanecem fazendo laços de união


Há cerca de três anos eu entrei na vida destas pessoas, a recepção me deixou bem a vontade para reconhecê-los como família, família também minha.


Veio o filho do casal, veio o primeiro aniversário de Natan e ontem, 31 de maio, o terceiro aniversário de Natan, o filho mais novo. Junto a este aniversário veio também o casamento dos Pais, realizado na mesma data.


Foi com, até posso dizer emoção, que recebi o convite de conduzir a noiva ao altar. Juro, não imaginei estar tão presente no pensamento das pessoas. Então Deivid e Silvia se casaram e presentes seus filhos, Nicolas e Natan.


Também, se demoram mais a casar era capaz dos filhos se casarem primeiro.
Agradecido pela consideração faço esta postagem, desejando felicidades aos agora casados, Deivid e Silvia. Certo, pelo que observo, saberão semear o bom caminho a seus filhos, bem como a construção da família.
Sentindo-me honrado, depois de conviver com as falácias da sociedade por décadas, ainda conseguir ser merecedor de respeito dos mais jovens, é sinal que não me contaminei.
Com Sandra veio Deivid, não um filho, mas um amigo que, entre suas gozações descontraídas cativa quem dele se aproxima; tendo eu a certeza que nos momentos sérios sabe impor-se a desmandos e abusos. Silvia, que me elevou a um patamar de Pai, é minha Nora emprestada, que ontem em seu casamento passou a ser minha Nora efetiva.


Até que enfim esse casório saiu! E estamos muito felizes por isso. Esperamos que vocês continuem exatamente assim, unidos, companheiros e, acima de tudo, felizes. Parabéns e felicidades.
O casamento de vocês deveria comemorar bodas de felicidade por ter unido duas pessoas tão complementares, amáveis e especiais como vocês. Um grande abraço.



Um beijão e abraço carinhoso a esta família que tão bem me recebeu. Até o mais novo, Natan, que ao toque do telefone de Sandra, pergunta: “É o dicado”?

Nenhum comentário:

Postar um comentário