quinta-feira, 2 de junho de 2016

Ex-Ministro da DEFESA, consegue permanecer com o salário que possuía antes de afastado.

Auxílio desemprego de LUXO? Aldo Rabelo, Ex-Ministro da DEFESA, consegue permanecer com o salário de aproximadamente R$ 30 mil, que possuía antes de afastado.


A Comissão de Ética Pública da Presidência da República acatou hoje (31/05) pedidos de quatro ministros de Estado nomeados por Dilma Rousseff que solicitaram quarentena. Por isso eles continuarão a receber, nesse período, o mesmo salário referente ao cargo que exerciam antes do afastamento de DILMA ROUSSEFF. 
O colegiado identificou conflito de interesses se os ex-ministros assumirem determinados cargos na iniciativa privada e, portanto, concedeu a quarentena. A comissão acatou os pedidos dos ex-ministros Jaques Wagner (Casa Civil), 

Miguel Rossetto (Trabalho e Previdência Social), 


Aldo Rebelo (Defesa) e Valdir Simão, que comandou a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Ministério do Planejamento.


O ex-assessor especial da Presidência, Marco Aurélio Garcia; e Carlos Gabas, ex-secretário da Previdência do Ministério do Trabalho, que também comandou a Secretaria de Aviação Civil, tiveram os pedidos aceitos, assim como o ex-presidente da Petrobras Aldemir Bendine. Já o ex-secretário Nacional da Juventude, Jefferson Lima, e a ex-secretária executiva do Ministério da Ciência e Tecnologia, Emília Maria Silvia Ribeiro, tiveram os pedidos rejeitados.

Sociedade Militar

Nenhum comentário:

Postar um comentário