quinta-feira, 16 de junho de 2016

Hi! Jean Wyllys se calou, o assassino de gays também era gay!

Massacre em ORLANDO. Jean WYLLYS culpa “BOLSONAROS e ANAS Paula VALADãO”. Mas, agora que se descobriu que atirador também era GAY, covardemente se cala.


O deputado disse em seu facebook: “E quando criticamos os discursos de ódio dos “bolsomitos” e “malafaias” e “felicianos” e “euricos” e das “marisas lobos” e “ana paulas valadões” da vida e dos legislativo contra gays, lésbicas e transexuais, estamos pensando justamente no quanto o discurso de ódio proferido por essas pessoas…“




O deputado, antes de saber que o assassino de ORLANDO era um homossexual, atira toda a culpa do atentado contra lideranças religiosas conhecidas no país, como Ana Paula Valadão, Malafaia e Feliciano. Se esses líderes cristãos são os mais aclamados pelos evangélicos significa que esse povo concorda com seus posicionamentos em relação à imposição da ideologia de gênero nas escolas e outras questões relacionadas à destruição da família. Portanto, Atacando esses líderes o deputado ataca a igreja evangélica como um todo.

Nota-se que Wyllys, apesar de existirem diversos líderes católicos que também lutam contra o chamado GAYZISMO, estrategicamente evita falar neles. A igreja católica, para desgosto de grande parte dos fieis, continua apoiando os governos de esquerda da América Latina e Wyllys não se arriscaria a por isso a perder.
Jair Bolsonaro também não se intimidou e no dia seguinte aos comentários do deputado do PSOL postou em sue twitter comentários sobre a ideologia de gênero acusando o partido de insistir em impor isso às crianças brasileiras.


Veja alguns comentários postados na fanpage de Jean Wyllys.

“Ele matou porque era religioso ou porque tinha ódio a LGBTs?!?! Essa associação, quase que automática, de religião com discurso de ódio é tão preconceituosa quanto qualquer tipo de homofobia. É uma injustiça intelectual fazer uso de um fato para atacar quem não teve nada a ver com a paçoca…”

“Caro Dep.citar o Malafaia ..Feliciano..Valadão, em teu tão bem escrito texto, foi de péssimo tom, deu a entender que eles odeiam e ensinam seus fiéis a odiar e até matar gays, e o que eles ensinam é amor e respeito,empatia,tolerancia…amar o pecador e não o pecado, vc é inteligente Dep.Jean, amor pelo pecado não, mas pelo pecador sim”.

Esse Jean Willys é tão covarde que não tem a mínima coragem de criticar diretamente o Islam. Ele sabe muito bem que censurar o Islam é politicamente incorreto, além do que, pode atrair sérias consequências para si.









Um comentário: