terça-feira, 16 de agosto de 2016

MILITARES do Rio estão no LIMITE


Escalas de serviço apertadíssimas, risco de morte e salários constantemente atrasados são apenas alguns dos problemas vividos pelos policiais cariocas. Segundo informações recebidas hoje pela Revista Sociedade Militar as escalas se reduziram drasticamente nessas olimpíadas.

As autoridades não se prepararam corretamente para o momento a ser vivido e quem paga a conta são os militares, principalmente os de menor graduação.

Temos que lembrar que aqueles que portam armas e arriscam a própria vida devem sr poupados ao máximo. Trabalhar em altíssimo nível de stress e cansaço físico favorece a possibilidade de ocorrer erros de interpretação ou falhas na execução do serviço, que no caso em tela podem causar incidentes gravíssimos. 


Nas redes sociais policiais reclamam e se dizem extenuados.
Será que ainda se tem oficiais na PM? Parece mais ter carrascos que não se importam com as condições de seus comandados, se preocupam apenas com as suas gratificações de comando e etc. Triste, mas qualquer cego pode enxergar isso”, comenta um soldado da PMERJ.

Militar parece que não tem o direito de errar. O policial é sempre condenado precipitadamente pela mídia e sociedade. Mas, poucos se preocupam em avaliar suas condições de trabalho.

Sociedade Militar

3 comentários:

  1. Oro por eles todos os dias, me entristeço com a situação que vivem. Salmo 124 e 127 desejo para cada um.

    ResponderExcluir
  2. Acho um absurdo tudo que se refere ao tratamento com os militares, salário baixo, armamentos ridículos, deveriam ser muito bem remunerados e respeitados seus direitos, afina, arriscam a vida pra proteger o cidadão. Não sou esposa de militar, não tenho filho militar, mas sempre achei que o trabalho do militar deveria ser mais reconhecido.

    ResponderExcluir
  3. Cadê a família militar para ir as ruas por intervenção? Não vejo elas se juntarem aos intervencionistas pelo Brasil afora. Agora não adiante reclamarem.

    ResponderExcluir