domingo, 11 de setembro de 2016

PSOL é a destruição da sociedade.


A legalização das drogas apenas ocasionará em nossa atual realidade social um "apartheid jurídico", onde o playboy drogado, eleitos do Freixo, não seria preso pois estaria consumindo "maconha legalizada", enquanto o pobre seria preso por consumir "maconha contrabandeada". Ou seja, essa alegação de que a "legalização é para favorecer os supostos pobres que estão morrendo na guerra contra as drogas" é mais uma falácia. Os viciados pobres seriam os mais prejudicados com isso, enquanto os playboys drogados ricos da esquerda caviar seriam os mais beneficiados. É só as uma "bandeira" pra pegar voto de burro viciado.



Segundo o próprio PSOL (Jean Wyllys), o projeto do PSOL propõe "legalizar o trabalho das crianças que o trafico utiliza para a venda de drogas". Olha que loucura! Que sacanagem dessa gente! Eles propõem legalizar "o aliciamento de crianças pelo narcotráfico", isso é um absurdo e só poderia ser ideia de gente perversa, do mal e principalmente gente que não tem filhos (Freixo não tem filhos, Jean Wyllys não tem filhos, Renato Chico e boa parte dos políticos do PSOL e PT não possuem filhos, querem fazer com os filhos dos outros o que não teriam coragem de fazer consigo mesmos).
Legalizar drogas em nosso cenário atual apenas transformaria o traficante em contrabandista e o consumo de maconha e demais drogas "ilegais" apenas aumentaria exponencialmente, ajudando a fortalecer as facções, como por exemplo, comando vermelho, terceiro comando e tantas outras narco guerrilhas urbanas que se utilizam do trafico de drogas para capitalizar recursos e investir em diversas outras modalidades de crimes, inclusive eleitoral.



Um assaltante que aponta uma pistola para a cabeça de uma senhora para roubar seu carro e grita "perdeu!", teve sua arma adquirida com o dinheiro proveniente da venda de maconha e cocaína! Logo, alimentar o tráfico é loucura pois alimenta diversos outros crimes.
Em qualquer lugar do Brasil e do mundo onde o tráfico não existe ou é fraco, a pratica de outras modalidades criminosas também é minima, ou seja, não existe traficante que seja "apenas traficante", eles não são apenas traficantes, eles são BANDIDOS, criminosos! Quem diz que legalização de drogas no Brasil vai reduzir a criminalidade está sendo intelectualmente desonesto, que aliás, é uma pratica decorrente da esquerda para manipular a opinião pública em prol da auto destruição da própria sociedade.



Não podemos esquecer, na origem do comendo vermelho, por exemplo, existe uma organização comunista!!! São unha e carne.
Combater as drogas é uma ação pró vida, legalizar drogas é fomentar condutas auto destrutivas. Países em que as sociedades são bastante avançadas, como por exemplo a Holanda, legalizaram o consumo de algumas drogas, porém, atualmente estão revendo essa legislação, pois isso está acabando com a sociedade e a juventude desses países. Se os países avançados estão revendo esse conceito, imagina aplicar isso em nosso País pobre e sem estrutura de nada e tão pouco socialmente evoluído...... Seria uma atitude no minimo estúpida, pra não dizer covarde. Não precisamos de mais drogas em circulação, precisamos de menos. Menos álcool, menos tabaco, menos vícios.

Se um partido inteiro tem praticamente toda sua existência pautada na defesa de bandidos e drogas, desconfie! Isso é coisa do mal! É defesa de políticas pró morte e seus representantes são reflexo dessa estratégia nefasta. São dissimulados, mentirosos, manipuladores e principalmente "lobos em pele de cordeiro".

Nenhum comentário:

Postar um comentário