quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Eles tem as mãos sujas com o sangue de seus subordinados


Como um combatente traído tomei conhecimento destas imagens, imagino quantos foram traídos por estes que ocuparam posições estratégicas dentro das Corporações Policiais do Estado do Rio de Janeiro, suas mãos também estão sujas com o sangue dos inocentes, com o sangue dos policiais assassinados, mutilados, decapitados e incinerados que só este ano já se aproxima de uma centena.
           Coronel Ibis Pereira, ex comandante geral da PMERJ.

          Coronel Ibis Pereira, ex comandante geral da PMERJ.

Não poderia, mas tenho de dizer: FILHOS DAS PUTAS!!! E pensar que o comandante que deveria proteger e instruir seus subordinados colaboraram, colaboram e colaborarão com mais mortes, com mais ataques com mais enfraquecimento até que a Corporação não mais suporte e finalmente tombe sem ânimo para se reerguer.

Não postarei as fotos chocantes de policiais mortos covardemente quando foram surpreendidos no trajeto casa/trabalho/casa ou em companhia de sua esposa e filhos. São torturados, mutilados e, quando só lhe resta uma fina linha entre a vida e a morte, são incinerados para que haja mais sofrimento.



Nunca vi nenhum destes comandantes que hoje aparecem ridiculamente junto a Freixo numa manifestação pela vida do policial, compareci a todas. 



Não vi o narcotraficante Freixo, nem seu representante, nem membros da Comissão dos Direitos Humanos da ALERJ que o narcotraficante preside. Não vi Beltrame, ainda Secretário de Segurança deste Estado, cada vez mais esquecido nos seus pensamentos e em Lula, que o indicou para Cabral em troca da "propinocrácia" que se estabeleceu. Ele, Beltrame, que também é a favor da descriminalização das drogas, da extinção da Polícia Militar, mas enrolado por improbidade administrativa na questão das viaturas PMERJ. Um delegado feito nas "coxas", com apadrinhamento político.


Coronel Robson, ex comandante UPP e ex chefe do Estado Maior Administrativo da PMERJ, segundo na hierarquia da Corporação.


Beltrame, ou "bostrame", como foi bem dito por um oficial superior da PMERJ.

DEVIDO AS SUAS AMIZADES COM O DR. EX-SECRETARIO NACIONAL DE SEGURANÇA E DIRETOR DA POLÍCIA FEDERAL LUIZ FERNANDO CORREA E O EX- MINISTRO DA JUSTIÇA TARSO GENRO TODOS DA MESMA CIDADE NATAL (SANTA MARIA - RIO GRANDE DO SUL "COINCIDÊNCIA" ) BELTRAME NA ÉPOCA CONSEGUIU ADMINISTRATIVAMENTE SUA NOMEAÇÃO PARA DELEGADO DE POLICIA FEDERAL, MAS TAMBÉM COM ESTES PADRINHOS QUEM NÃO CONSEGUIRIA, MESMO TENDO SIDO NEGADO PELO STJ E STF. Link: rvchudo

Eu sempre disse que a esquerda há mais de quarenta anos conseguiu inserir jovens dentro das academias militares, hoje os que conseguiram passar desapercebidos galgam postos no generalato das Forças Armadas. Mais recente, num período de 20 ou 25 anos, pode também ter acontecido com a PMERJ, seria inconcebível testemunhar estas imagens.


O Projeto é "Comandos", mas nada foi dito sobre sua aplicação. O coronel Robson já estava no "esquenta", mas só na ponta do bagulho. Linnk: rvchudo

A ideia é polêmica: perdoar traficantes que queiram largar as armas para pegar no batente. Quem a defende é José Júnior, fundador e coordenador da ONG Afro Reggae, que tem parcerias fechadas com empresários como Guilherme Leal, da Natura, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e o apresentador Luciano Huck, e mantém bom relacionamento com traficantes como Elias Maluco e Marcinho VP.”

No esquenta, uma capitão da PMERJ dança com mister "M", chegando a acontecer um "esfrega" na oficial.



Lembrando que em 2012, quando o então comandante da UPP São Carlos foi preso pela Polícia Federal por envolvimento com o tráfico, os informes sobre este oficial já circulavam dentro da PMERJ, que nenhuma atitude tomou, foi preciso a Polícia Federal agir.


Link: Comandante de UPP São Carlos recebia propina de traficantes

Sustento o que escrevo agora vendo imagens de um comandante de UPP, que ocupou o segundo cargo da hierarquia Policial Militar do RJ e outro que foi o primeiro na hierarquia, juntos com Marcelo Freixo, um deputado que, embora presidente da Comissão dos Direitos Humanos da ALERJ, nunca visitou um presidio que não seja com ocupantes do “comando vermelho”, sua facção.


Marta Rocha, ex chefe de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro.

Também em 2012, o traficante “matemático” foi morto ao reagir à ação policial, os policiais foram acusados de extermínio pelo MP e se viram em situação embaraçosa até que um Juiz, isento de ideologia, os inocentasse das acusações. Estranhamente isto aconteceu no período que Marta Rocha esteve à Frente da polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro.


Toni ângelo, miliciano preso que até hoje pertence aos quadros da PMERJ.

O miliciano Toni Ângelo, chefe da milícia “liga da justiça” em Campo Grande no Rio de Janeiro, foi preso em 2013 por policiais do 40º BPM, mas a PMERJ, sabedora e executora da prisão, sendo o preso também policial militar desertor, só o reincluiu às fileiras da Corporação para se ver processado e julgado pelo crime previsto no Código Penal Militar em setembro de 2015, estando há um ano o processo sem sentença. O que aconteceu? O processo de deserção não é demorado assim, será que como miliciano o dinheiro tá comprando algo?


E assim vamos com nossa Polícia Militar que como Corporação é isenta, mas com seus gestores quedados ao seu fim.

Por fim vamos às qualidade de Marcelo Freixo e sua Vice para a prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.



Relado de um Inspetor sobre Marcelo Freixo:

Sou Inspetor de Segurança da Secretaria de Estado de Administração penitenciária, em 2013, nas vésperas das eleições, esse candidato esteve visitando a Unidade a qual eu estava lotado - Instituto Penal Vicente Piragibe.
Depois das anotações no livro e da revista ele foi autorizado a entrar, passando por mim, que estava responsável em controlar o acesso onde estavam os presos. Marcelo Freixo passou pelo portão aberto, não olhou para mim nem me cumprimentou, nem tão pouco agradeceu. Não que me importasse com isso, já estou acostumado com a falta de educação de parentes, advogados e outras visitas de presos, mas, alguns metros após passar por mim, uma comitiva de bandidos veio recepcioná-lo. Quando via a forma deles se cumprimentar, com abraços calorosos e apertos de mãos, todos rindo muito, disse: Isso que é amizade!
E o bandido que estava a meu lado respondeu: Esse é um padrinho para nós, na rebelião de Bangu 3, ele deu mó moral pra nós.
Eu fiquei tentando entender o motivo da visita dele, teria vindo pedir apoio do comando vermelho para sua candidatura? Sei de uma coisa, Marcelo Freixo não merece o voto da minha família, tão pouco dos meus pares de serviço.
Posteriormente soube que ele só visita cadeia com presos do comando vermelho. Quem trata traficantes e bandidos com mais cordialidade que um Servidor não merece voto de ninguém de uma sociedade séria.
Qual a relação de Marcelo Freixo com a facção comando vermelho? Padrinho ou prefeito padrinho do tráfico de drogas?

Talvez a resposta venha aqui em baixo, conhecem a vice dele na chapa?



Associação para a Prática de Tráfico Ilícito de Substancia Entorpecente, Artigo 14 da lei 6.368/76 a que respondeu Ernaldo Pinto de Medeiros, o Uê.



Você sabia que Luciana Boiteux de Figueiredo Rodrigues, a vice de Freixo, foi advogada de Uê? Um dos maiores traficantes do Brasil. Uê morreu carbonizado dentro do Presídio bangu I.

Ernaldo Pinto de Medeiros atuava como um "atacadista" de drogas. De acordo com dados da Polícia Federal, seus negócios movimentavam R$ 20 milhões por ano. Os bens do traficante foram avaliados em R$2,3 milhões. Em sua lista de bens, constam sete imóveis e 13 carros, além de 11 contas bancárias utilizadas pelo grupo do traficante.
EXTRA

8 comentários:

  1. Grande informações.
    Parabens pelo Blog.

    ResponderExcluir
  2. NOSSOS HONRADOS DEFENSORES, NOSSOS MILITARES, OS GUARDIÃS DO BRASIL, NOS ESPERAM PARA DARMOS Á ELES, A HONRA DE MAIS UMA VEZ DEFENDEREM O NOSSO BRASIL. POR NOSSA DEFESA JURARAM LEALDADE! NUNCA DEIXARÃO O POVO CLAMAR EM VÃO...ENTRARÃO COM A INTERVENÇÃO>E COMO EM 1964..LIMPARÃO NOSSA NAÇÃO!>>>ESTOU VENDO NOSSO POVO ,CARENTE DE JUSTIÇA,DE MODO QUE,POR PEQUENO GESTO,DESCAMBAM PARA O LADO ERRADO,PREJUDICANDO AINDA MAIS NOSSO BRASIL,NOSSO POVO.>> OLHAR ORAR E VIGIAR!..ATENTOS DEVEMOS FICAR!>>NOSSA POLITICA ESTA CORROMPIDA PELO SISTEMA COMUNISTA! >>O IDEAL É A FAXINA,PELOS HOMENS DE BOTINA!>>SEM PERDA DE TEMPO LEIAM A PODRE CONSTITUIÇÃO DO BRASIL..FORAM FEITA POR CORRUPTOS E ASSINADAS POR FHC,QUE COM SUA CANETA ESTUPROU O BRASIL.>>>>VENHAM A PAZ A ORDEM E A JUSTIÇA!!!>>> FFAA JÁ!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem luta pela paz na cidade do rio de janeiro, não vota no freixo, se não ele vai liberar o uso de maconha nas escolas municipais. E vai atrapalhar o trabalho dos professores colocando wi fi nas escolas, as crianças e adolescentes não querer estudar iram ficar somente usando o celular em sala de aula e vendo conteúdo impróprio.

      Excluir
  3. Povo Carioca, antes de votar no dia 30 de outubro de 2016, pense no futuro do Município do Rio de Janeiro, conheça bem o Prefeito que você quer para a nossa Cidade Maravilhosa.

    ResponderExcluir
  4. Seu idiota! Ele dava aula em presídio... Pqp!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desconsiderando o "idiota", mas porque só em presídios da facção CV?

      Excluir
    2. Freixo é cu vermelho da facção comando vermelho cv, por isso ele não foi em favela de outra facção fazer campanha, tem rabo preso.

      Excluir
  5. Esse blog so veio sustentar tudo aquilo o que EU achava desse Freixo... Que ele fosse aliado a traficantes e cabeca dessa zona toda...

    ResponderExcluir