sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Um "mito" não se constrói, ele está pronto.


Essa matéria, dos roubos em Nilópolis, em frente ao IFRJ deveria ter uma correção:


"Pobres jovens vítimas do sistema, em busca de igualdade social, portanto fuzis importados, de alguma multinacional capitalista opressora, expoliam o supérfluo dos bens materiais de alunos e professores de uma unidade de ensino de viés esquerdista, muitos adeptos e contribuintes assíduos do comércio varejista de cannabis sativa e favoráveis à um político humanista como o Freixo, conscientes de que fizeram sua parte social, os mesmos não farão contato com a PM, por entender que essa é resquício da ditadura, racista, racista e opressora, capaz de chacinar cruelmente esses jovens que só desejam ser ouvidos e incluidos na sociedade machista, patriarcal e capitalista...", PRONTO: Não houve vítimas! Deixemos a PM para quem quer Polícia e acha que vagabundo merece bala!



Por: Major PMERJ Elitusalem Gomes Freitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário