sexta-feira, 25 de novembro de 2016

É um “bom dia mesmo”?


Bom dia? Como conseguem dar um “Bom Dia” assim? Perdendo mais um companheiro de farda?
Nós aprendemos a conviver com a morte diária e iminente de amigos e quem sabe a nossa!
Choramos quando há tempo, pois com olhos marejados de lágrimas não podemos enxergar a aproximação daqueles que querem ceifar nossas vidas e daqueles que VÃO ESCOLHER O TRAFICANTE AO INVÉS DE NÓS! Choramos mas em silencia, longe das vistas dos inimigos. Ou seja, Quando dá!
Sigamos em frente, lutando e lutando, desejando um bom dia aos que ficam e um “VÁ EM PAZ” aos que partiram.
#Vá em Paz SD Silva Neto

Major Elituzalem Freitas


Apesar das perdas, dos inimigos atuando em dois flancos, seguimos em frente confiando na Sociedade. Mas não gostaria de ver você perder um amigo, um companheiro a cada dia que chega no seu trabalho. Duvido continuar a acreditar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário