segunda-feira, 28 de novembro de 2016

GLOBOSTA em ação.

O Fantástico de domingo, dia 27 de novembro de 2016, ultrapassou todas as expectativas. 


Nem o canal estatal cubano terá coragem de apresentar uma imagem mais falsa, romântica e fabricada do tirano que, em 50 anos de poder ditatorial, tornou-se o maior assassino da História das Américas. São números incontestáveis que fundamentaram esse titulo nada invejável. 



Estou convencido que no próximo domingo, a GLOBO pedirá a “canonização” de Fidel. Afinal, o amante de crianças, de mulheres, de agentes secretos, de sequestradores de aviões capitalistas, de novelas globais, de basquete e de beisebol, o magistral orador que distribuiu a miséria por todo o povo cubano, o garoto propaganda do comunismo internacional precisa ser eternizado como herói e santo.


E saber que estes mesmos jornalistas têm o descaramento de se dizerem democratas e de criticar ferozmente a  repressão e a censura no regime militar brasileiro. Repito: Gostaria de ver a Rede Globo como um canal cubano. É muito cinismo e uma lamentável incoerência que escurecem ainda mais a perspectiva de futuro do Brasil.



General Heleno

Nenhum comentário:

Postar um comentário