sábado, 12 de novembro de 2016

OFICIAIS aderem ao movimento

OFICIAIS aderem ao movimento e devem inchar a MANIFESTAÇÃO do dia 16 de novembro no RIO
Acabou a conversa de que militares são semi-cidadãos e não podem se manifestar publicamente.


Há muito tempo que a tropa não se via tão unida, nem no movimento dos bombeiros ocorrido há alguns anos isso foi visto. As redes sociais tem servido como ferramentas para as diversas categorias, postos e graduações se entenderem no que diz respeito a pauta e comportamento na manifestação a ser realizada no próximo dia 16 de novembro.

Um coronel da PMERJ foi exonerado justamente porque se negou a reprimir manifestantes na última concentração em frente a ALERJ.

Na redes sociais e sites ligados a segurança pública a mensagem é “não aceitaremos perder um centavo”
       
Os oficiais já combinaram comparecer de camisas vermelhas e convocam todos a fazer o mesmo, em alusão ao movimento dos BOMBEIROS de 2011. Já é senso comum na segurança pública – e logo isso deve se estender às Forças Armadas – que TODOS que estiverem de folga podem se manifestar no que diz respeito a questões salariais, o que permanece vedado são as manifestações político-partidárias.


Sociedade Militar

Nenhum comentário:

Postar um comentário