quarta-feira, 9 de novembro de 2016

PMDB e suas ciladas


Muitos devem se lembrar dos movimentos dos BMs e PMs que se iniciou em 2011, principalmente dos BMs. Três dias antes já era sabida a intenção de “invadir” o QG CBMERJ e nem o Estado nem as Corporações tomaram qualquer providencia dentro das Legislações Peculiares e especificas sobre o assunto, deixaram os manifestantes à vontade para que o ato “delituoso” acontecesse para assim usar a imprensa no sentido da desmoralização do movimento. Lidamos com uma quadrilha, o PMDB, quadrilha essa que tem “modus operandi” distinto.



Vendo as imagens da possível depredação num gabinete, vem a questão: Uma turba de manifestantes adentrando na ALERJ com esta intenção não se limitaria a um lugar específico, depredariam por todo percurso que até o plenário. Diante da omissão dos parlamentares em atender o chamado dos manifestantes, estes se propuseram a ir ao encontro deles no interior da ALERJ, tendo sido as entradas trancadas. Surge a figura do Sr, Francisco Chao do SINDPOL, que já havia adentrado àquela Casa legislativa e no seu retorno passou a intimidar os manifestantes como se falasse em nome, não de sua classe, mas em nome dos deputados.



Resta a certeza de que mais uma armadilha foi arquitetada, destruíram um gabinete para responsabilizar os manifestantes, não há nenhuma outra imagem de outro local destruído, só um especifico, destruído antes da fuga dos deputados diante da iminente “invasão”.

                    Protesto no Rio: manifestantes incendeiam um carro nas imediações da Alerj 
Link: veja










Já vimos outras tentativas de invasão da ALERJ, todas mostram o que fizeram na busca de seu intento, destruíram fachadas, portas, janelas e vidraças, até fogo puseram naquela Casa. Fora nas imediações as agressões e depredações que ocorreram, inclusive com a agressão de um policial que, já caído ao chão, continuava a receber os chutes na cara e pelo corpo.


Este sobreviveu, mas a intenção foi de matá-lo!

Não há o que comparar o manifesto da Segurança Pública com os “black blocs”, somos ordeiros e pacíficos, responsáveis e os cretinos novamente se armam junto a imprensa para desqualificar o bem contra o mal.



Jorge Picciane todos tem conhecimento de sua personalidade, não passa de um mentiroso, safado, ladrão e conivente com tudo o que está acontecendo, assim como o Ministério Público do Rio de Janeiro que de conhecimento de todos os indícios de crime praticados pelos governantes, não cumpre seu PODER/DEVER mandando proceder a investigação e comprovado, a devida denuncia.


Mas assim, como seus "semelhantes" em Brasília, possui "foro privilegiado" e o Procurador Geral de Justiça arquiva tudo que chegas a suas mãos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário