sábado, 10 de dezembro de 2016

A quadrilha começa a se trair

Ex-governador Sérgio Cabral é transferido para Curitiba.


A pedido do MP-RJ ((Ministério Público do Estado do Rio), o ex-governador Sergio Cabral foi transferido na manhã deste sábado (10) do Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, para a carceragem da Polícia Federal de Curitiba.

A transferência foi determinada pelo juiz federal Marcelo Bretas após o promotor André Guilherme Freitas, da Promotoria de Justiça de Execuções Penais do MP-RJ, denunciar que ele estava recebendo visitas irregulares, ou seja, ilegais, no presídio Bangu-8.

Cabral estava preso desde o dia 17 de novembro em Bangu-8, onde cumpre prisão preventiva pedida pelo Ministério Público Federal no âmbito da Operação Calicute. A operação investiga um esquema de corrupção que envolvia pagamento de propinas e lavagem de dinheiro e aponta Cabral como chefe da organização.

Incrível, a pedido do Ministério Público do Rio de Janeiro! Um M.P. inoperante, que há anos recebe denuncias deste governo PMDB maldito e nem um inquérito é instaurado para investigar, denuncias que há anos nem uma resposta tiveram.

Só me resta acreditar que a quadrilha rachou, que o M.P. do ERJ diante das diversas denuncias não apuradas, não respondidas, inclusive das mordomias que Cabral tem em Bangu, resolveu se livrar da responsabilidade já visível, resolveu se livrar do problema.

Funcionários SEAP denunciaram que uma galeria foi esvaziada para receber Sergio Cabra, foi público que Cabral recebeu visitas de parlamentares PMDB que descaradamente davam “carteiradas” para adentrar às escondidas na unidade carcerária para tramarem os próximos passos da quadrilha. Mas o M.P. do RJ, em  fiscalização, nada de irregular identificou.

4 comentários:

  1. O primeiro começou o roubo o segundo ta dando conrinuidade 516 depois,abestado!

    ResponderExcluir