quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

O Estado do Rio de Janeiro continua arrecadando muito bem, obrigado.

Apesar das inúmeras desculpas para sustentar esta crise fantasiosa, os números não mentem e dizem que o Estado consegue sim pagar seus funcionários, inativos e pensionistas.


Até o dia 15 de dezembro o Estado do rio de janeiro já havia arrecadado R$ 3.182.066.686,68, estimando-se chegar ao final de dezembro com o total de R$ 6 bilhões arrecadados. Então pra onde está indo esse dinheiro?

Como pode o Estado que arrecada quase 14% do total do Brasil estar falido?


PMDB é que está em crise, é numa séria crise moral. Com grande parte de seus detentores de mandatos envolvidos em diversos esquemas fraudulentos e corruptos. Daí uma crise é essencial, já que Pezão, Cabral e Paes devem ir pra cadeia em breve.

Pensionistas são as principais vitimas desta quadrilha, que tem envolvimento até no governo (PMDB) federal, já que as contas estão sempre sendo bloqueadas para servir de desculpas que inviabilizem pagar os funcionários.
Não, eles não têm vergonha, têm é cara de pau, maldade, fazem tudo para viabilizar a continuação do PMDB no Estado do Rio de Janeiro, nem que para isso tenham que colocar pessoas idosas em risco dependendo da boa vontade de outros servidores preocupados em arrecadar alimentos para essa gente hoje faminta.


Infelizmente a Corporação que tem força para fazer frente a esses bandidos continua inerte. Os inativos estão a frente, arrecadando alimentos e se manifestando, mas também reclamando da omissão dos ativos, os quais uma ínfima parcela apoia presencialmente as manifestações. Por quer será?



Surge então a figura de Picciani, acreditando que as mãos da Justiça não o alcançarão por não estar diretamente envolvido. Em 2017 certamente Pezão e Dornelles, incompetentes e moribundos, renunciarão ao governo, a ALERJ escolherá o novo governador, que certamente será Picciani o indicado.

Com ele o dinheiro vai aparecer rapidamente, só está escondido. Vai pagar os funcionários, quitar dívidas e novamente uma MERDA fraudulenta e corrupta estará no governo deste Estado propenso a se reeleger em 2018. O PMDB tá salvo! Pode continuar a meter a mão.
Viram em algum momento empreiteiros reclamarem? Claro que não, sabem que o deles vem depois, é certo! Mas os funcionários terceirizados........Estes também foram incluídos na "crise", sem pagamento, demitidos!


A suspeita deste “acordo” já foi postado aqui e pode ser por bem ou por mal, depende da resistência que Pezão fizer.

Um comentário: